Categories: Crianças/ Desenvolvimento/ O primeiro ano

11 meses de Leo

 

IMG_443498574-7

Outro mês se passou cheio de mudanças e conquistas por aqui! E esse carinha anda me dando TANTO mas tanto trabalho que mal posso piscar. Mas ele é o arteiro mais tutuken que existe :)

– Leo está pesando 10,5kg e medindo 78cm.

– está usando fraldas tamanho G e até XG, já. nem completou um ano de idade e já usa roupas tamanho 2 (18 meses servem bem, também).

– os dentes de cima deram as caras e estão rasgando a gengiva. Leo tá numa manha que só.

– odeia que limpem seu rosto e o nariz. como ele tem rinite alérgica, tenho que lavar com sorinho várias vezes ao dia. ele se irrita muito, chora, vira a cabeça, não quer deixar.

– tem muita força, especialmente quando não quer tomar os remédios.

– é super apegado às suas mantinhas de malha, os cheirinhos dele. ninguém pode pegar. ele tira da nossa mão, cheira e morde, tipo “é meu!”.

– no mês passado, ele aprendeu a engatinhar e agora nada nem ninguém o segura mais. ficamos espantados com o quanto ele é rápido! num piscar de olhos ele saiu de lá e já está aqui, se é que vocês me entendem.

– já levanta usando os móveis como apoio e fica em pé por um tempão. dá alguns passos de lado ou quando o seguramos pelas mãos, mas logo solta o peso do corpo para sentar e voltar a engatinhar.

– tem sido um desafio enooorme trocar a fralda ou as roupas dele, desde que aprendeu que pode ir para onde quiser. ele não quer mais ficar deitado e chora, reclama mesmo quando o deitamos para trocar. algumas vezes ele rola e sai engatinhando, tipo fugitivo.

– tem feito uns mega power cocôs e olha, não é tarefa para qualquer um trocar essas bombas não, viu? às vezes estamos eu, Alexandre e Mel envolvidos num “pega uma sacola”, “pega mais lenço umedecido”, “ai, socorro, ele colocou a mão no cocô!”, que já estamos analisando chamar a Boo para ajudar, na próxima.

– ontem contei para vocês como anda a rotina atual dele, em relação aos horários, alimentação e sono (aqui).

– continua comendo bem, aceita provar o que oferecermos numa boa. se não gostar, ele não abre mais a boca. se gostar, faz seu clássico “ahuuummmm”, para dizer que está gostoso.

– continua sendo o rei dos dedinhos, como contei num dos posts passados. tudo, absolutamente tudo que aparecer na frente dele, por menor e mais microscópico que seja, ele coloca o dedinho indicador em cima, para pegar e? e? e colocar na boca! eca, Leonardo. é uma luta o dia todo para manter esse chão limpo, o que sabemos, claro, ser uma tarefa impossível.

– agora, quando quer colo, engatinha até onde estivermos, senta bem de frente, bem pertinho e ergue os bracinhos. vejam: ergue os bracinhos. posso garantir que é uma das coisas mais fofas que bebês podem fazer.

– quando Alexandre chega em casa (eu não, apenas o pai…), ele sai de onde estiver, engatinhando a toda velocidade em direção a porta da frente. o engraçado é que ele sempre sabe quando é o pai! se for apenas eu abrindo a porta para atender o carteiro, para jogar o lixo, ele nem tchum.

– fica super bem com os avós (maternos ou paternos) quando saímos. só estranha um pouco na hora em que vão colocá-lo no berço. essa hora é um momento bem meu e dele mesmo, em que trocamos carinhos, juras de amor (ditas, só minhas, por enquanto – mas ele responde com o olhar), cheirinhos, beijinhos e músicas só nossas. com o pai ele também dorme, mas não adianta povo, eu sou especial nessa hora, tá?

– esse mês fez a traquinagem mor, até o momento, e passou pelo portão da área de serviço (que eu esqueci aberto…). Derramou a água da Boo e em cima dela toda a ração. E não contendo, sentou em cima. virou uma lambuzera que vocês nem queiram imaginar.

– tem fixação por cabos e fios elétricos e cestos de lixo. não dá para se distrair. se ele vê que alguém abriu a porta do banheiro, ele sai em disparada para tentar chegar ao bendito lixo. ou quando vislumbra um cabo, qualquer cabinho sequer, corre para tentar por na boca. é um sufoco, juro.

– ama balões e bolas, de todos os tamanhos.

– é muito observador e esperto.

– quando falamos “Leo” ou “Leonardo!”, em tom de desaprovação, ele para na hora o que estiver fazendo. olha pra gente e volta a fazer. hahahahaha

– ontem ele nos deu o maior susto quando se desequilibrou, caiu sentado e bateu o pescoço na quina do rack. o pes-co-ço. vocês imaginam o desespero? ele chorou muito e horas depois estava lá um hematoma para nos lembrar de não tirarmos os olhos dele nem por um minuto. ou fazer alguma gambiarra em cima daquele móvel, para evitar outros acidentes.

– a coisa mais fofa da semana passada foi vê-lo engatinhando atrás da Mel, em volta da mesa da sala. quando perguntei, ela me disse que eles eram cachorrinhos. own.

– eu não queria, eu bem que tentei. mas não conseguimos evitar o artifício das telas para entretê-lo em momentos de caos – como preparar a comida quando estou sozinha com os dois, por exemplo. a Pintadinha adentrou a nossa vida, novamente. mas não fui eu! colocaram para ele… (to brincando, tá, pessoal?!).  mas, os preferidos dele – e meus! – são os DVD’s da MPBaby (o que são aqueles bichinhos, gente? coisa mais fofinha da vida!) e do Bita e os Animais.

– continua falando muito dada, dadada, mama e mamamã. e faz várias entonações diferentes.

– esses dias teve que ir ao salão comigo e foi meu companheiro na depilação e enquanto eu fazia pé e mão. era nosso aniversário de casamento, me deixaram na mão e precisei levá-lo. foi um pequeno transtorno, mas no final deu tudo certo.

– eu sempre odiei vacinar meus filhos, por não me sentir confortável em vê-los com dor. mas as pobres vacinas tornaram-se fichinha agora: levá-los para tirar sangue é terrível! me cortou o coração isso que ele se comportou muito bem para um bebezinho e o rapaz que nos atendeu no laboratório foi muito profissional e competente, fazendo tudo com rapidez e carinho. (quero registrar aqui que a irmã ficou RINDO dele enquanto o segurávamos para realizar o exame. isso não se faz Mel).

– quanto à APLV, os resultados dos exames de sangue confirmaram a alergia, embora ela não seja mediada por nenhuma IGE específica. devemos continuar mais um mês com a fórmula especial e gradualmente ir mudando para o leite de soja. (ambos os médicos que nos atendem – o pediatra e a alergista – disseram a mesma frase: que a APLV dele é moderada e não mediada por IGE específica. o que deu alterado nos exames de sangue foram os eosinófilos (Eosinofilia Relativa e Absoluta – é o que consta no laudo). dentre as causas possíveis dessa alteração, estão as alergias. Leo é triplamente alérgico: tem APLV, rinite alérgica e dermatite atópica.) :(

– está cada vez mais carinhoso. sempre que o pego no colo ele abraça meu pescoço com uma das mãos e fica pegando no meu cabelos, bem de leve. também deita a cabeça no meu peito e quando falo “beijo, dá beijo” ele se aproxima da minha bochecha e lambe meu rosto.

– daqui um mês, ele completa 1 ano de idade. como passou rápido, como foi intenso, caótico e bom! te amo, Leo.

Ps: tenho um mês para preparar uma festa de 1 ano. vou ali sentar e chorar e já volto, tá? me desejem sorte porque estou MUITO atrasada.

comentários via facebook

11 comments

  1. Michelle,fico encantada com cada post que você escreve, das dicas, rotina enfim. Eu tenho um bebê de 7 meses “Davi” e conheço de perto essa rotina e esse amor que é maior que tudo e me vejo em cada postagem, você transmite amor.Parabéns pela família linda. Bjos.

  2. Michelle, leio seu blog sempre, há algum tempo já mas nunca comentei porém hoje, com o texto sobre os 11 meses do Leo, preciso dizer que você descreveu corretamente, sem tirar nem colocar, meu filho de 1 ano, o Rafael. Ele faz as mesmas coisas, inclusive com a água e comida do nosso cachorro, cestos de lixo e os fios da casa…hahaha…dão muito trabalho mas são a alegria da casa!!

  3. Parabéns pelo post Michele, queria que vc postasse a rotina da Mel para eu me guiar aqui em casa, a Isabela está com 3 anos. Um abraço fica na paz.

  4. Acompanho sempre teu blog e me identifico muito com os textos. Tenho um filho com 3 anos e 4 meses e outro com 10 meses. Acho linda a forma como tu escreve, inclusive sobre as dificuldades… Me identifico muito. Ah, também estou a mil com os preparativos para a festa de 1 aninho do meu pequeno. :) Vai dar tudo certo pra ti! Abraço

  5. Ai, acompanho os posts desde que fiquei grávida, e hoje o Noah já está com quase 7 meses, amo acompanhar as rotinas, os desafios, torna tudo mais aceitável, porque são muitos desafios, né? O Léo é muito lindo, e a Mel uma princesa, Deus abençoe sua família linda… Minha mãe e meu esposo acham que o Noah se parece um pouco com o Léo, rss Acho que é mais na simpatia, porque são bebês com semblante fofo e risonho!!! Bjokas

  6. Oi, xará =) (mais uma michele pra coleção!)

    Descobri teu blog hoje e fiquei muito feliz!Ele vai ser meu aliado! Eu tenho duas meninas exatamente um mês mais novas que o teu pequeno! Então, tu estás me contando “o que está por vir esse mês” praticamente!
    Elas ainda não engatinham (na verdade, talvez engatinhem, mas a gente não solta muito porque a casa em que estamos, que é dos meus pais, não está nem um pouco, NEM UM POUQUINHO à prova de bebês, ou de humanos).
    Enfim, adorei o blog e vou voltar muito aqui!
    Beijos, beijos!

deixe seu comentário!