Categories: Comportamento e Educação/ Crianças

Voltando atrás sobre a retirada da chupeta…

Sabem que naquele dia, depois de fazer o post sobre a cama compartilhada e contar sobre o meu plano de colocar a Mel pra dormir no próprio quarto e retirar a chupeta, parei para pensar se essa realmente seria uma boa… Depois de ler os comentários e opiniões de vocês, tive certeza que não. (obrigada pelas opiniões e pelas experiências compartilhadas!)

Irmão chegando + mudança para o próprio quarto + retirada da chupeta = bad ideia. Verdade. Gente, como não me liguei? (to grávida, claro!)

A princípio me pareceu que o mais óbvio e correto era tirar a chupeta logo, já que depois que o bebê estiver aqui de fato, as coisas tendem a ser mais difíceis e até podem regredir. Mas não considerei o fato de estabelecer que três grandes mudanças acontecessem juntas. Acho que realmente é de mais para uma criança de 3 anos.

Lembro de ter decidido isso depois de conversar com a pedagoga da escolinha da Mel, e ambas achamos que seria melhor tirar a chupeta dela antes do bebê nascer. Mas eu não disse pra ela que além de retirar a chupeta queria também mudá-la de quarto. Ela sempre me aconselhou a proceder com uma coisa por vez, para que uma mudança boa não acabasse sendo traumática.

Por isso, decidi esperar um pouco mais para retirar a chupeta. Primeiro faremos a transição dela para o próprio quarto. Depois, voltamos à chupeta.

Hoje, tentamos restringir ao máximo seu uso, estabelecendo a regra de que é só para dormir (de noite e sonecas diurnas). Mesmo assim, a Mel dá um jeitinho de burlar as regras e acaba pegando a chupeta mais vezes durante o dia. Esse fato me incomoda porque ele acontece porque deixamos acontecer, já que nós somos os adultos aqui. Ainda rola a tal da “peninha” e com esse sentimento presente, nenhuma transição ou mudança dá certo. É algo que precisamos trabalhar, muito.

***

A Mel está de férias da escolinha e ficou doentinha depois de termos pego chuva no parque, no final de semana. Com a pequena o dia todo em casa, não tenho conseguindo fazer algumas coisas, como postar, por exemplo. Além disso, em menos de duas semanas ela completa 3 anos e estou preparando duas pequenas festinhas para ela, uma em casa e outra na escola. Por esses motivos estou um pouco (ou muito) ausente. :(

comentários via facebook

8 comments

  1. A gente as vezes olha aquelas pessoinhas que já cantam, dançam e pedem o próprio leite e achamos que são crescidinhos o suficiente…mas ai percebemos que são e sempre serão nossos bebês e todo cuidado é pouco para lidar com cada fase na vidinha deles…fique tranquila, na ocasião certa ( para ela) a chupeta será só mais uma lembrança.

    É assim que estou pensando aqui em casa, meu filhote nunca usou chupeta, mas em contrapartida só dorme sendo embalado na poltrona de amamentação depois de uma leiturinha breve…eu e meu marido nunca pensamos em tirar esse hábito dele para podermos curtir melhor nosso bebê…mas acontece que esse “Bebê” já está com 2a 3m, 96cm de altura e 14 kg e eu com uma barriguinha de 21 semanas de gestação , não está fácil, mas sabemos que cortar isso agora será ainda pior…assim, ficou decidido que apenas o pai o coloca para dormir…até que ele vá para a caminha dele sozinho e pronto! Sem traumas ( assim espero!) ;)

    Boa sorte, Camila

  2. Por aqui também a retirada da chupeta tem sido uma missão! Não tem acordo com Olívia e olha que nem estamos passando por nenhum outro momento de transição! :(

  3. Michelle, deixa eu contar como foi com a gente… acho que ninguem passa por mais transiçoes / adaptaçoes do que eu e Bea, rsrs desde que ela nasceu passamos parte do tempo aqui, parte na Italia, e o pai dela cada vez q vai trabalhar, fica ao menos 4 meses longe…Sempre tem uma adaptaçao nova…Com a Bea, eu disse que tinha a fada da chupeta, que essa levava a chupeta p um bebe e que trazia um presente em troca.. Fiz toda uma historia (vou postar sobre isso no meu blog hj!) e ela decidiu quando entregar a chupeta p a fada… Foi bem legal e funcionou muito bem!
    Olha o post no meu blog:
    http://beaelara.blogspot.com.br/2013/07/a-fada-da-chupeta.html

    bjnhos e boa sorte!

  4. ola´… descobri seu blog quando estava gravida e gosto muito.. queria sua opinião a respeito das cólicas… minha filhinha está tendo e é um sofrimento… parabéns pelo blog.

  5. Oi Michelle, acho que vc está certíssima em colocar a Mel no quarto dela antes do bebê nascer. Comigo foi parecido. A Sophia dormia no berço e eu queria que ela fosse pra cama antes do Pedro nascer pois eu dei o berço dela embora porque tinha comprado um novo(eu mudei toda a decoração do quarto, pois eles iriam dividir o mesmo espaço)enfim, 3 meses antes do Pedro nascer eu já fui acostumando ela com a cama. Eu li numa reportagem que é importante fazer essas mudanças antes do nascimento para ela não achar que vc tirou ela do seu quarto pra por o irmão no lugar, entende? É bem difícil, mas se esperar ele nascer acho que vai ser beeem pior. Eu fui falando pra ela que ela era mocinha (na época tinha 1 ano e 10 meses!!!) que já podia dormir numa cama bem grande (eu comprei a de solteiro mesmo, não uma mini-cama)… e fui indo assim, achei que seria pior, mas ela logo acostumou. Espero que vc consiga logo!!!

deixe seu comentário!