28 fev 2013

Sobre dietas, Dukan e os kilos perdidos

DSC05504

Esse post eu estava devendo há tempos né? Confesso pra vocês que não ando muito bem disposta e por isso os últimos posts foram de colaboradoras – queridas! – que me salvaram nessa semana de mal estar.

Ontem tive reunião de pais na escola da Mel e lá encontrei minha xará e leitora do blog, a Michelle (aliás, pra quem gosta de gatinhos, vale a visita no blog de tirinhas e na lojinha deles, o GeekCats). Assim que nos vimos ela comentou “nossa, você emagreceu um monte né?”. Daí lembrei de vir aqui escrever sobre isso, conforme prometi no instagram.

Vamos ao meu histórico.

Eu sempre fui magra tirando um curto período da adolescência onde eu comia muita batata frita com catchup. Com dezenove anos cheguei a pesar 49kg por um problema de hipertireoidismo. Depois de fazer um tratamento, voltei ao peso considerado saudável para a minha estatura (1,64) e o mantive por muitos anos.

Como vocês sabem, tive um fator determinante no meu ganho de peso na gravidez da Mel: a retenção de líquidos. Eu fiquei muito, muito inchada mesmo. Lembro que minha mãe falava “mas isso não é normal! fala com o teu médico! deve ser um problema de circulação mais sério!”. E eu nada fiz a respeito. Engravidei com 3kg acima do meu peso ideal e hoje tentaria fazer diferente. Fiquei muito pesada, cansada e sem ânimo pra nada. (isso pode parecer pouco, 3kg apenas, mas em mim é bastante!)

Do total de peso adquirido na gravidez – 23 fuckin’ kilos – perdi rapidamente 10. Depois mais 7, mais 5, e assim por diante. A Mel nasceu em agosto de 2010 e em dezembro de 2011 eu estava alegre e saltitante com meu peso ideal novamente.

A Mel começou a ir para a escolinha, logo eu não sentia vontade de fazer um almoço bacana só pra mim. Então quase todos os dias eu almoçava um macarrão desses de micro ondas, daquela linha Meu Menu, sabem?

De bobeira, ganhei 7 kilos em poucos meses. Trabalhando em casa, com guloseimas, pãozinhos, biscoitinhos, bolinhos e todos esses inhos disponíveis a qualquer hora do dia, não havia como resistir. Ainda mais eu que amo um café. Biscoitinhos amanteigados + café. Tem combinação mais perfeita? :(

Percebi que me sentia mais cansada, mais fraca, mais pesada, ofegante. E então caiu a ficha de que eu não estava me alimentando bem e pior, não estava tratando a comida como ela deve ser tratada: como alimento apenas, combustível para o corpo. Nada mais que isso.

As roupas começaram a ficar apertadas, coisas que antes ficavam boas não estavam mais caindo bem. Foi aí que decidi parar com a bobeira e voltar ao caminho certo. Tomar vergonha na cara mesmo. Se bem que quando eu mencionava que estava de dieta as pessoas diziam com espanto “você? da onde você está gorda guria??”

Mas a gente não faz dieta apenas por estar gorda. A gente faz pela saúde e o principal: pra nos sentirmos bem com nós mesmos dentro daquilo que acreditamos ser o nosso melhor. Ponto.

Voltei para a academia e um choque na minha segunda avaliação: tinha ganho 3kg de gordura e perdido 2kg de massa muscular, o que nos levou a suspeitar de hipotireoidismo, que logo foi descartado com um exame de sangue. Ainda assim, eu precisava aumentar a ingestão de proteínas, aumentar minha massa muscular.

Se eu fosse listar alguns dos motivos que me fizeram querer emagrecer seriam:

1. Eu estava engordando de bobeira, comendo mal e não me sentia bem fisicamente.

2. Pensando numa segunda gravidez, não queria engravidar acima do peso novamente. Queria estar o mais saudável possível.

Um dia pesquisando por algo que não me recordo agora, caí no site do programa da Ana Maria. E lá assisti um vídeo que falava sobre uma tal de dieta Dukan. Achei que funcionaria bem pra mim, porque detestava essas dietas com cardápios super elaborados com coisas que nem costumamos ter em casa normalmente e com porções pré definidas de quanto comer de cada coisa. Sempre achei um porre esse tipo de dieta. Da dieta Dukan, gostei do fato de poder comer a hora que quisesse e o quanto quisesse, dentro claro, dos alimentos permitidos em cada fase da dieta que tem como principal objetivo a manutenção do peso.

DSC05507

Como eu não sou uma pessoa de comer muita fruta e salada (estou tentando mudar isso) não foi difícil pra mim aderir a uma dieta com base em proteínas magras apenas. Afinal, era isso mesmo que eu estava precisando, mais proteínas!

Resolvi começar já no dia 30 de dezembro. Pra que esperar ceia de ano novo né gente? Mas não aguentei de tanta fome e fraqueza e acabei finalizando o dia com um sandubão do Madero. No dia seguinte, comi normalmente na ceia com um porém: eu que quase nunca tomava refrigerante, passei a tomar menos ainda. Ou melhor, desde o dia 31 de dezembro não tomei mais refri. Tomo chá matte de limão, que eu amo, ou sucos.

Retomei minha postura no dia 2 de janeiro e recomecei a dieta Dukan. Defini que queria perder 6 ou 7 kg e nas primeiras semanas eu comia mais ou menos isso:

– café da manhã: café com leite desnatado e açúcar light (não tomo mais café com adoçante de jeito nenhum), dois ovos mexidos (feitos com uma colherzinha de margarina light).

– almoço: dois hamburgeres de carne bovina feitos na chapa ou bife (poucas vezes substituí por frango) e chá matte de limão

– lanche da tarde: fatias de peito de peru, café com leite desnatado.

– jantar: dois ovos cozidos.

– muita água e chá durante o dia todo.

E foi assim do dia 2 ao dia 10, dia em que fomos comemorar o meu aniversário. Lá acabei comendo nachos e tomando algumas margaritas. E tequila, claro. Foi minha primeira escapulida da dieta.

Continuei por mais uma semana com esse ‘cardápio’ incluindo tomate, berinjela e algumas outras verduras e legumes permitidos na segunda fase. Em 15 dias eu tinha perdido 4,5kg.

Nossa, mas você não acha muito radical? Não ficou fraca? Desnutrida? Não ficou com colesterol alto?

Como foi por pouco tempo, não fiquei desnutrida não. Fraca eu fiquei sim, senti muita tontura na primeira semana, mas depois fui acostumando. E meu colesterol sempre foi super baixo e se manteve assim.

Você não sentiu falta de carboidrato e de doces?

Muita! Amo comer um pãozinho com manteiga de manhã cedo. Mas vi que precisava mudar isso se quisesse voltar ao meu peso, aquele em que eu me sentia melhor.

Janeiro terminou e com ele a minha dieta. Dei tchau para o Dr. Dukan porque simplesmente não aguentava mais comer peito de peru e afins. Nesse ponto eu já tinha perdido os 6kg que queria e o correto seria continuar por mais um mês pelo menos. Mas não tive essa força de vontade, especialmente porque amo feijão e arroz. Estava complicado tanto tempo sem essa dupla.

Hoje eu percebo que eu precisava disso. Precisava desse choque na minha alimentação. Precisava perceber que tanta massa e carboidrato estavam me fazendo mal. A partir dessa consciência, mudei várias coisas na minha (na nossa) alimentação:

Trocamos o pão branco pelo integral, o arroz branco pelo integral, os biscoitinhos gordurosos pelos integrais. Eu particularmente passei a consumir muito menos ou quase nada de biscoitos, pães e bolos. Aderi à torrada e geleia light, troquei o chocolate pela alfarroba e fiquei viciada em abobrinha refogada, haha. Ainda sou uma negação com as frutas, mas estou trabalhando nisso!

Antes quando íamos almoçar fora meu prato não tinha nada de salada. Hoje em dia continuo não sendo fã de coisas frias (saladas), meu negócio são os legumes cozidos ou no vapor. Mas agora como até grão de bico (aprendi com minha amiga Lais! <3). Ainda falta muito pra que eu possa me considerar super mega saudável em termos de alimentação, mas sinto que estou no caminho certo. Está sendo uma mudança gradativa e muito boa. Nada melhor do que fazer esse esforço e se sentir melhor, com mais energia, com mais disposição e claro, mais magra.

Ainda tenho meus dias de gordices, claro. Continuo amando macarrão, coxinha, banoffi, torta alemã e bolo de cenoura, entre outros. Só passei a comer essas coisas esporadicamente, de vez em quando mesmo. Tipo, hoje estou com vontade de comer uma torta maravilhosa, então vou a um café que gosto e como essa torta maravilhosa. Mas não a tenho mais em casa, a minha disposição para comer todos os dias e a qualquer hora. É assim que tenho levado.

Um mês se passou e mesmo tendo deixado a dieta para trás, consegui manter meu peso comendo com moderação mas sem deixar nada que gosto de lado. Tem que saber dosar mesmo, tipo, ontem comi sobremesa no almoço, hoje não como.

Para ficar bem do meu gosto mesmo, ainda quero perder mais 2kg. Mas assim, gradativamente e sem stress. Feliz.

Abaixo, alguns trechos do livro do Dr. Dukan.

DSC05508

calculando o peso certo

DSC05510

calculando o peso certo

DSC05511

primeira fase da dieta, a fase de ataque

 

Essa foi a dieta que escolhi pra mim e mesmo tendo feito por pouco tempo, ela funcionou para o que eu queria: cortar carboidratos simples, perder peso sem perder massa muscular e sem flacidez. Mas existem inúmeras outras que podem casar melhor com o seu estilo de vida. Isso se você estiver querendo fazer uma dieta, claro!

16 comentários no blog

  1. Débora Sant'Ana em

    No meu caso, o problema são os horários. Eu durmo muito tarde, e por isso acordo tarde. Por isso engordei. O que fazer nesse caso?
    Comer normalmente, porém mais tarde? Ou pular café da manhã?

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Débora Sant'Ana em

      Débora, o ideal é não pular refeições, sabe? Especialmente o café da manhã.

      Mas como você acorda mais tarde, pode fazer somente o lanche da manhã, que normalmente é algo mais leve, pode ser uma fruta, um suco, uma barra de cereal, coisas assim :)

      Eu sou o tipo de pessoa que não consegue começar o dia sem um café! E junto com ele uma torradinha, um biscoito integral e espero que num futuro bem próximo, com frutas!!!

      Bjo

      Responder
  2. Mirela Costa em

    Eu acho q eu surto sem carboidrato! rsrsrs… Dos 14kg ganhos na gestação, já perdi 13,5kg. Eu estava com 2 kg a mais do meu peso normal quando engravidei. Com 50kg fico feliz e falta pouco e eu amo salada, verdura, integrais… Mas como poucas frutas… .Mas ainda não posso fazer uma dieta assim por causa da amamentação. Eu tbm não sou ninguém sem um café pela manhã!

    Responder
  3. Mamãe do Otávio em

    Mi, amey! vou encomendar esse livro! preciso muitooo emagrecer! JÁ!
    Nessa dieta não tem que calcular pontos? beijooos

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Mamãe do Otávio em

      Não precisa contar nada Tami, só comer os alimentos permitidos, mas sem quantidades estipuladas ;-)

      Responder
  4. Mistelko em

    Oi Mi! Parabéns pelos 6 kilos! Cada um tem que achar o q funciona pra si mesmo. Aqui em casa o Le reduziu 25 kilos total e eu 13 kilos do meu maior peso até agora. Eu não vivo sem grãos integrais, morro de fome e o intestino reclama. Mas comer mais proteína me ajuda a reduzir calorias. E frutas pra mim é sobremesa, pois não sustenta nada. Pra emagrecer conto calorias. Chato mas funciona. Como de 3 em 3 horas. O Le come de 2 em 2, e toma shake de proteína. Não suporto café com adoçante, mas o resto das bebidas é light. A Nati também já entrou na dança, come muitas frutas e grãos integrais. Às vezes tenho que controlar ou ela só almoça salada! Se vai ser assim sempre não sei hehehehe A gente mudou a alimentação pra ser exemplo pra ela, pois tanto o Le quanto eu fomos gordinhos até ela chegar :)
    Boa sorte e não se force, dieta vai bem quando a gente tá afim, senão esquece.. Ah e obrigada à citação no nosso site lá em cima!!
    Beijo!

    Responder
  5. Juliani de Paula em

    Mi…
    Me animei com essa dieta, acho que meu organismo ta precisando de um choque desses!
    Vou começar segunda feira prometo! hehe

    Responder
  6. Janice em

    Olá, me animei com a sua dieta, no livro tem receitas?
    Bjs

    Responder
  7. maria do carmo em

    fiquei muito curiosa com essa dieta,gostaria de saber onde adqirir esse livro.

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu maria do carmo em

      Qualquer livraria tem Maria do Carmo!

      Responder
  8. maria do carmo em

    fiquei muito curiosa com essa dieta,gostaria de saber onde adqirir esse livro.e po preço dele. obrigada!

    Responder
  9. Mislene Pedro da Silveira em

    Oi fiz essa dieta duas vezes já e nunca conseguir concluí-la …mas agir estou determinada ir ate o fim ..nas primeiras vezes q fiz consegui perder 8 k em dois menos..mas logo q parei ..nossa ganhei 5 k fácil fácil…fiz uns dias so de proteína e eliminei 4 k do peso ganho…
    Iniciei pra valer dia 25/01/15 com 71 e em apenas 4 dias estou com 67.700 nossa estou bem animada e quero ir ate o fim …quero chegar aos 50 kl pois meço 1.60 ….a dieta diz q devo pesar 62k mas para minha segurança irei parar quando chegar nos 50k …apesar de q estou com muita dor de cabeça fraca …mas daqui a pouco passa e valera a pena bjs

    Responder
  10. ARLEIDE em

    oi estou interessada em fazer a dieta, mas nao sei se durante a amamentação é permitido, pois tenho 1 bebe de 1ano e 1 mes, ele ja come de tudo, mas mama à noite toda se deixar kkkk, estou 15 kg acima do peso normal, será que vai fazer algum mal ao meu bebe se eu fizer esta dieta?

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu ARLEIDE em

      Olá Arleide, tudo bem? Durante a amamentação não é indicado fazer dietas, sabe? O melhor a fazer é procurar uma nutricionista para te acompanhar. Assim não faltarão nutrientes para você e seu bebê.

      Bjo

      Responder
  11. Geane em

    Oi Mi… fiz a dukan b a seu estilo eliminei 15kg mas a consolidação estpu fazendo como vc… só equilibrando… até hj só consegui fazer o dia de proteina da consolidação 1 dia rsrs e já estou há 41dias mantendo o peso direitinho. Essa dieta é maravilhosa.

    Responder
  12. gabímg em

    Ola, tenho dois filhos e 26 anos. estou pesando 83kg e 1,59m. ou seja,estou super gordinha. minha filha tem 4 meses,e esta somente mamando,mas mesmo assim ainda estou gordinha. no final da gravidez dela eu estava com 91kg,perdi so 8 nespes 4 meses,mas minha barriga ta um horror,grande e cheia d estrias desd a primeira gestacao. estou muito triste,meu marido tenta m confortar,mas kda vez to ficando mais triste. nao tenho muita condicao financeira para seguir uma dieta passo a passo,mas faco oq posso. Estou muito desesperada,agora to pedindo Deus toda hora para tirar meu apetite. vc tem alguma dieta d baixo custo que eu possa fazer? e oq eu faco com a flacidez provocada pelas estrias na barriga? me ajudem!?

    Responder

Deixe seu comentário!