02 jun 2011

Sobre Comidinhas II: Happy Melts

 

(continuando minhas experiências com comidinhas nos Estados Unidos – a primeira delas está aqui)

O Francisco está naquela fase de movimento “pinça” (se é que essa fase existe, é possível que eu tenha acabado de inventá-la): adora pegar todas as coisinhas pequenas que encontra pela frente com o dedo polegar e o indicador e levar direto à boca. Isso vai, claro, desde pequenos (e perigosos) objetos esquecidos pela casa até comida de verdade, como pedacinhos de pão e de bolacha.


Por isso me interessei quando vi esse produto no supermercado. São snacks de iogurte que derretem na boca do bebê. Não há risco do bebê se engasgar, como acontece com outras comidinhas pequenas.

São orgânicos, sem corantes ou conservantes artificiais, e são fonte de proteínas e vitaminas. E ainda são absolutamente deliciosos (aliás, momento confissão, não consigo oferecer alguns ao Francisco sem acabar com o pacote todo depois, afe!).

Apesar de todas essas qualidades, não acredito que sejam a coisa mais saudável desse mundo. Como não acredito que nenhum snack seja, aliás. Mas não vejo problema nenhum em oferecer de vez em quando ao bebê. Tenho oferecido ao Francisco depois do almoço, como sobremesa – coloco alguns em cima da mesa e enquanto ele se distrai comendo os “snacks”, vou organizando as coisas. Chego a conseguir uns 15 minutos de tranquilidade, em dias de sorte.

Até agora só experimentamos o de frutas vermelhas, mas há também de banana e manga (juntas) e de morango. Gostei tanto que certamente vou experimentar todos os sabores. Quem sabe até deixo o Francisco comer um pouquinho também. ;)

Deixe seu comentário!