25 set 2012

Sobre a guarda responsável de animais

No dia 23 de setembro aconteceu o 1º Max Encontro Nacional de Apoio a Protetores de Animais com objetivo de capacitar e principalmente de mostrar ferramentas para que as ONGs e protetores consigam captar mais doações e voluntários pra causa. Liliane Ferrari realizou uma palestra com o tema é  ”A força dos blogs” sobre como a internet pode ser uma grande aliada na tarefa de encontrar donos para animais abandonados e angariar fundos e recursos.

Ter um animal é uma responsabilidade de zelar por uma vida e isso não é descartável, implica em alimentar, cuidar da saúde, da higiene e dar afeto durante anos e anos.

“A guarda responsável nada mais é do que a conscientização da população a respeito dos cuidados que devem ser tomados com qualquer animal de estimação, para garantir que os mesmos tenham uma vida digna, e também alertar sobre os problemas causados pelo abandono de cães e gatos nas ruas gerando maus tratos.

Os cães e gatos, com ou sem raça, são grandes companheiros, fiéis, amorosos e amigos . Ter um animal adotado em casa é uma experiência única! Mas cuidar dele exige dedicação e responsabilidade. Por isso, a decisão de ter um animal em casa deve ser tomada com consciência de que essa será uma grande mudança na vida de toda a família.

Cães, por exemplo precisam de muitos cuidados, dependem, de boas orientações e treino para que tenham uma relação sadia com outros animais e com as pessoas, além de cuidados de limpeza e higiene, alimentação adequada, vacinas periódicas, idas ao veterinário com todos os custos envolvidos.

Educar as pessoas sobre guarda responsável faz com que menos animais sejam abandonados, sofram violência e precisem ser recolhidos pelos abrigos. Seja responsável com seu bicho.

Esta é uma blogagem coletiva.

9 comentários no blog

  1. Fábia em

    Moro em chácara e tenho 16 cachorros – 02 foram presentes e 02 nasceram em casa, os demais foram adotados das ruas em condições de completo abandono, com doenças, parasitas, anemia. Sempre foram meus grandes companheiros (moro sozinha) e hoje são os grandes amigos de Olívia (já até mandei fotos pra você!). *Ü*

    Responder
  2. Mirela em

    Eu tenho cinco gatinhos. sendo que 4 eu adotei da rua. Eles são castrados, bem cuidados e a alegria da minha casa! Estou no 9º mês de gestação e precisei ficar internada 5 dias devido a um sangramento. Ontem tive alta e preciso fazer repouso. Agora tenho 5 enfermeiros que passam o dia de repouso comigo, rsrsrs…

    Responder
  3. CAMILA em

    O blog é brasileiro, a dona dele acredito que seja também, que eu tenha percebido é voltado para o público brasileiro…Por que está LOVED e não AMARAM?

    Responder
    1. Dani respondeu CAMILA em

      Qual o problema com “loved”? EU acho bem “cute”.

      Responder
      1. Michelle Amorim respondeu Dani em

        Pois é Dani, eu não vejo grande problema nisso (vide resposta que enviei para a Camila), mas tudo bem.

        A palavra LOVE é universalmente conhecida. Simples assim :)

        Mas, ainda estamos definindo isso.

        Responder
    2. Michelle Amorim respondeu CAMILA em

      Nossa, Camila! Não vejo o motivo para essa “revolta”.

      Estamos testando várias coisas no blog desde as últimas mudanças, e a palavra do botão de coração é uma dessas coisas. Estou vendo o que mais me agrada e principalmente, o que englobe todos os tipos de leitores.

      Estava “mamães amaram”, mas nem todas que acessam o blog já são mães ou estão grávidas, e tem leitores tbm. Por isso estamos definindo ainda.

      E no mais, eu amo a cultura cosmopolita, ou seja, a influência cultural de grandes centros urbanos em outros países.

      Responder
  4. Dani em

    Hoje mesmo estava pensando na relação entre crianças e animais e esse post tem tudo a ver.
    Sou totalmente favorável a adoção. Vc não vai a uma loja e compra amigos ou filhos, não é? Pq com os bichinhos tem que ser assim?
    É preciso conscientizarmos os pequenos para que esse quadro de maus tratos mude.

    Responder
  5. Thata em

    Perfeito!!É uma vida como a nossa e merece zelo e respeito!Vou compartilhar!Bjs!

    Responder
  6. Glauce em

    Amei esse post, porque considero a guarda responsável um assunto que deve ser levado à sociedade de maneira ampla.
    Falta consciência nas pessoas e cada dia mais vemos animais abandonados nas ruas. Ninguém gosta de animais nas ruas, mexendo nos lixos, entrando nas casas, atrapalhando… e tá certo, o lugar deles não é nas ruas, mas é pela falta de consciência das pessoas que eles estão lá, sofrendo e passando fome.
    Pessoas deixam seus animais procriarem de qualquer maneira e dão os filhotes (isso quando não vendem) achando que encontrando um dono ele estará feliz. Nada! Até os de raça são soltos nas rua quando incomodam em casa ou começam a atrapalhar, destruir as coisas, entre outros motivos. Eles não têm culpa de estarem nas ruas.

    Desculpe-me se me empolguei =)
    Bjos!

    Responder

Deixe seu comentário!