22 maio 2013

Quando é a hora de trocar o berço pela cama?

Em geral, essa transição ocorre quando a criança tem entre 2 e 3 anos, mas não há uma regra quanto à isso. Eu diria que os principais motivos para fazer essa troca são:

1. A criança começa a escalar o berço e isso aumenta muito a possibilidade de quedas e acidentes.

Os berços normalmente têm três estágios (ou mais) de regulagem do estrado. Quando ele já se encontra no último e você percebe que ainda assim as “fugas” viram algo fácil de acontecer, talvez seja o momento de mudar. Ou ainda, seu filho pode estar grande para o tamanho do berço e isso pode gerar desconforto também.

2. A criança já demonstra uma certa maturidade para poder lidar com a autonomia de ter sua própria caminha.

Dormir na própria cama, significa ter a liberdade de sair dela quando quiser, perambular pela casa em plena madrugada ou ir até a cama dos pais, por exemplo. Por esse motivo, algumas medidas de segurança se fazem necessárias, como restringir o acesso aos outros cômodos da casa enquanto todos dormem. Para aqueles que moram em casas ou sobrados que possuem escadas, a atenção deve ser redobrada. Nossa solução será colocar aqueles portõezinhos em cada lance de escada, até pelo bebê que está chegando também. Porém, ainda não sei como e se isso vai funcionar (só quando a casa ficar pronta).

3. É bacana para ajudar nessa transição bebê > criança, que ocorre normalmente aos dois anos.

Eu acredito que fazer essa troca por volta dos dois anos de idade reforça o sentimento de “estou crescendo” da criança. Ela deixa de ser bebê e tem a cada dia um mundo maior e novo para explorar. Inclusive um novo ninho.

É importante, porém, que essa mudança não aconteça ao mesmo tempo que qualquer outra, como por exemplo, a chegada de um irmão ou irmã, a retirada das fraldas ou da chupeta. Uma coisa de cada vez.

Como foi todo o processo de troca por aqui

Começamos a falar sobre “ter uma caminha ao invés do berço” aos poucos e, quando fomos finalmente comprá-la, a Melanie nos acompanhou.

Nós optamos pela mini cama, que no final das contas não é a opção mais econômica e racional. Ela tem praticamente o mesmo tamanho do berço, mas foi a que mais gostamos e estava com um preço legal numa feira de bebês e gestantes aqui em Curitiba (a mini cama é da Tulipa Baby, já adiantando caso alguém queira saber).

Já havia visto essa mini cama em sites gringos e fiquei apaixonada pelo design. Ela é baixinha e possui proteção em ambas as laterais, pés e cabeceira. Suporta até 120kg e tem 138cm de largura x 62,5cm de altura x 77cm de profundidade, ou seja, praticamente as medidas de um berço americano.

Para escolher uma boa caminha, é bacana prestar atenção no seguinte:

  • dê preferência àquelas que possuem bordas arredondadas e sem peças pontiagudas ou que possam facilmente se soltar.
  • veja a altura da cama: a criança deve ser capaz de subir e descer sem ajuda, e, ainda, se possível, encostar seus pés no chão quando sentada na caminha.
  • escolha um móvel com grades laterais que vão da cabeceira até mais da metade da medida do corpo da criança, para evitar as quedas durante o sono.
  • além destes fatores, veja se o material, como a tinta, por exemplo, é atóxica.

 

Existem também as camas junior, um pouco maiores que as mini camas e, claro, as camas de solteiro. O indicado é que se mude primeiro para uma mini cama ou cama junior, antes de finalmente chegar à cama de solteiro. Assim, a criança não estranha tanto a mudança de espaço.

Caso não tivéssemos gostado tanto da mini cama (e comprado com um preço bacana em uma feira), eu optaria pela cama junior, que pode ser usada por mais tempo.

Você tem ainda a opção de colocar somente um colchão no chão, prática cada vez mais difundida no meio materno, especialmente dos adeptos e simpatizantes do Método Montessori. Eu gosto muito dessa pedagogia e penso em explorar isso no novo quarto da Mel.

A mini cama foi comprada em setembro de 2012, mas só fomos montá-la esse ano, no dia 6 de janeiro, para ser mais exata (a Mel tinha 2 anos e 5 meses, na época). Decidi assim, de repente, que deveríamos montar a caminha nova, mesmo que o quarto dela – e a casa nova – ainda não estivessem prontos. Perguntamos se ela queria trocar e ela disse que sim.

participando da montagem

 

Ela participou de tudo, desde desmontar o berço até montar a cama nova, com direito a “apertar parafuso” e tudo. Em nenhum momento chorou ou demonstrou apego pelo bercinho, pelo contrário, ficou super empolgada com o novo ninho, que ficou exatamente no mesmo lugar (como vocês sabem, ainda dividimos o quarto com ela).

Quando terminamos ela pegou suas coisinhas, deitou e soltou aquele clássico “ahhh”, de gente satisfeita, depois do trabalho.

Melanie_montando a caminha-2

As primeiras noites foram tranquilas, com apenas uma batida de pés nas laterais. Para me precaver, coloquei travesseiros pequenos dos dois lados da cabeceira e isso evitou que ela batesse a cabeça. Acredito que esse seja, junto com o “cair no chão”, o maior dos medos maternos no que diz respeito a trocar o berço pela cama.

Como nem tudo são flores, há algum tempo ela já vinha acordando lá pelas 5 e pedindo para ir para a nossa cama. A saída do berço só fez com que isso aumentasse de frequência. Hoje em dia, no meio da madrugada, ela levanta, pega travesseiro, cobertor e me chama, pra dizer que quer ir pra nossa cama. E isso acabou virando rotina por aqui, nós acostumamos, ela acostumou. Mas isso, claro, é assunto para outro post… a tal da cama compartilhada. Ai ai.

No que diz respeito a transição berço > cama, acredito que incluí-la em todo o processo, desde a escolha e compra da caminha até mesmo na desmontagem do berço, foi essencial para que ela entendesse o que estava acontecendo e recebesse bem essa mudança. Nada de desmontar e sumir com o berço sem que a criança saiba e colocar uma cama no lugar. Tem que rolar confiança e respeito, afinal, é uma mudança significativa na rotina e nos hábitos deles. E merece toda a atenção e cuidado.

Existem casos onde a criança simplesmente não aceita a mudança, por não estar preparada. Alguns pais preferem até mesmo deixar o berço montado ao mesmo tempo que a cama, para fazer essa transição a partir da vontade da própria criança. Acho válido também, embora tenha minhas dúvidas se isso não acaba por confundir a cabecinha deles. Alguns especialistas dizem que não há nada de errado em voltar a dormir no berço, até que a criança esteja pronta realmente, para tamanha autonomia. Outros dizem que pode atrapalhar no processo. No final das contas, é mais uma coisa de feeling materno mesmo. A gente sente se eles estão prontos ou não, assim como no desfralde.

E vocês, como fizeram ou como estão planejando essa mudança do berço para a cama?

40 comentários no blog

  1. Michele em

    Olá, sempre leio seus post,qual a idade da sua filha quando trocou o berço pela cama?…acho que terei dificuldades, pois, quando coloco no berço ela fica acordada por um bom tempo ainda até adormecer, acredito que na cama ela irá levantar a todo o momento, tenho medo que isto aconteça, o que devo fazer nestes casos?…minha filha está com 1 ano e quase 9 meses.obrigada.

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Michele em

      Oi Michele,

      Acho que você pode esperar um pouco mais para trocar o berço pela cama. A Mel tinha 2 anos e cinco meses na época :-)

      Responder
  2. Ana Beatriz Reale em

    Nossa, adorei a dica…Meu filho irá completar dois aninhos mês que vem e o berço já não está sendo tão seguro!!

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Ana Beatriz Reale em

      Oi Ana! Que bom que você gostou :-)

      Bjo

      Responder
  3. Isabella em

    Minha mãe me deixou dormir no berço até os 7 anos kkk… só saí porque o fundo do berço caía e apavorava todo mundo com o barulho. Para a minha bb eu comprei um berço que vira caminha, mas não recomendo, com o tempo o berço vai ficando meio molenga, ela ainda está com 1 ano e 5 meses, e acho que vai demorar um pouquinho ainda para mudar…

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Isabella em

      Oi Isabella!

      Eu tbm dormi no berço até bem tarde! Que coisa né? haha

      Por aqui não quis comprar berço cama justamente por esse motivo, fiquei com medo que ficasse capenga com o tempo :/

      Bjinho

      Responder
  4. amanda amaral em

    adorei o post. mal posso esperar pelo post sobre cama compartilhada. tbm ainda dividimos o quarto com ela e ja penso em qnd ela levantar e pedir pra ir pra nosssa cama. qnd ela estiver na cama mesmo, se deus quiser ja tera seu quartinho. bjoss

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu amanda amaral em

      Oi Amanda!

      Cama compartilhada, como tudo na vida, tem prós e contras, né? Vou começar a escrever o post logo logo :)

      Bjo

      Responder
  5. CAMILA em

    GOSTEI DO TEMA E CONCORDO QUE CADA CRIANÇA TEM SEU TEMPO PARA TUDO.

    AQUI EM CASA A EDUCAÇÃO DO SAMUEL SEGUE UM POUCO A LINHA MONTESSORIANA FALADA NO POST E AMAMOS A INDEPENDÊNCIA E CONFIANÇA QUE ELA PROPORCIONA.

    NÃO CHEGAMOS A COLOCAR O COLCHÃO NO CHÃO POR CULPA MINHA QUE NÃO ME SINTO A VONTADE PARA TANTO, MAS VENDO QUE ELE SE ADAPTARIA BEM REVERTI O BERÇO DELE EM CAMINHA ( O MODELO DO BERÇO PERMITIA ISSO)E PRONTO!

    APENAS FALAMOS QUE ELE ESTAVA UM RAPAZINHO E SE NÃO GOSTASSE PODERIA DIZER. AO CONTRÁRIO DO QUE VOCÊ FEZ EU RESOLVI RADICALIZAR E MUDEI TODA A CONFIGURAÇÃO DO QUARTO E VENDO QUE O FEEDBACK DELE FOI POSITIVO NÃO EXPLIQUEI MAIS DO QUE ELE EXIGIA, NA HORA DE DORMIR O PROCESSO FOI NORMAL E POR SEGURANÇA COLOQUEI UMA GRADE DA SAFETY 1S NA LATERAL.
    ELE TINHA NA ÉPOCA 1 ANO E 10 MESES E NÃO ALTEROU SEU PADRÃO DE SONO POR CAUSA DISSO, A ÚNICA E LINDA DIFERENÇA É QUANDO ACORDA POR VOLTA DAS 8:30 E VAI NO NOSSO QUARTO NOS CHAMAR ( POR SINAL É A ÚNICA PORTA QUE FICA ABERTA, TODO O RESTO FICA FECHADO E COM GRADE DE SEGURANÇA.
    HOJE ELE ESTÁ COM 2 ANOS E 1 MÊS E DÁ PARA DIZER QUE A MUDANÇA VINGOU ! RS
    BOA SORTE PARA TODAS!

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu CAMILA em

      É muito bacana quando eles que vão nos acordar, não é? :)

      Responder
  6. Telma Teixeira em

    Troquei os berços das meninas por uma bi-cama (por questão de falta de espaço para 2 camas) assim que elas completaram 2 anos e não tivemos problemas na adaptação. No início deitava com cada uma até ficarem bem sonolentas e deixava elas dormirem sozinhas. Aqui tbm fechamos os acessos a locais perigosos, como banheiro e cozinha. Vez ou outra elas acordam e vão para o sofá da sala e nos chamam. O problema que estou enfrentando agora é que as duas querem dormir comigo ao mesmo tempo e eu sou uma só…rs. Caso alguém que tenha gêmeos possa me ajudar, o que eu faço?!!rs

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Telma Teixeira em

      Oi Telma!

      Olha, admiro muito mães de múltiplus, porque não deve ser nada fácil mesmo! Você passa por tudo em dobro e ao mesmo tempo!

      Rola muito ciúme entre elas?

      Bjo

      Responder
  7. Madalena em

    Oi, primeiramente quero lhe dizer que acompanho o site desde quando ainda era sobre fraldas, adoro seus posts e não fico sem dar umas voltinhas por aqui, tenho uma menina de 1 ano e 11 meses e aqui em casa essa troca já aconteceu em dezembro, comprei a caminha pois ela se batia muito nas laterais do berço e não dormia bem, não tive problemas com a mudança, assim como a Mel, ela participou de toda a montagem de cama e desmontagem do berço e em nenhum momento chorou…quem chorou fui eu, pois me dei conta que ela já está crescendo e está sendo tão rápido!!! hoje em dia ela dorme super bem, também compartilha o quarto comigo e o meu esposo,beijos

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Madalena em

      Oi Madalena,

      Que bacana que deu tudo certo também por aí! Obrigada pelo carinho!

      Bjo

      Responder
  8. Fabi em

    Para o meu mais velho comprei uma cama carro – http://www.camacarrodobrasil.com.br/ e foi amor à primeira vista! Ele não teve dificuldade nenhuma em se adaptar. É sucesso! O caçula (hj com 1 ano e 6 meses) já demonstra querer pular do berço, então sinto q já é hora de migrá-lo tb! Para não ter ciúmes, comprarei uma cama carro para ele, só mudando a cor!
    Bjs, Fabi

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Fabi em

      Oi Fabi!

      Que bacana! Eu acho uma graça essas camas diferentes. Tem uma de casinha com escadinha que acho linda de viver, mas meio perigosa. Quem sabe um dia :-)

      Bjo

      Responder
  9. Muriel Coelho em

    Com o Guga, compartilhamos a cama até seus tres anos e só acabou quando nos mudamos de casa e ele teria o seu próprio quarto. A cama que compramos tinha uma auxiliar embaixo e meu marido na madrugada acabava por dormir com ele por conta dos “pesadelos” que ele tinha. Quando engravidei do Caio meu marido se mudou para o quarto do Guga. O Guga sentiu muito minha gravidez e todos os medos pioraram. Quando o Caio nasceu o bercinho ficou no meu quarto e permaneceu até ele completar dois anos. Ele só dormiu comigo na cama quando tinha febre (até hoje), mas nunca deixei ele vir quando acordava na madrugada e ao contrario do irmão, deu certo! Quando ele fez dois anos resolvi que ele poderia dormir no mesmo quarto com o irmão e compramos uma cama de solteiro para ele e duas grades avulsas. Ele amou a mudança e meu marido finalmente voltou pro nosso quarto. O que aprendi com isso é que cada criança é de um jeito, cabe a gente ir percebendo os sinais e fazer o melhor para eles. Não me arrependo de ter compartilhado a cama com o Guga e de não ter com o Caio!!! Bjo Michelle, Mel e Boo

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Muriel Coelho em

      Oi Muri!

      A Mel começou assim, só vindo para a nossa cama quando estava doente, com febre, etc. Depois passou a gostar e nós fomos acostumando… Tem prós e contras mas agora grávida está difícil, haha. Vou falar mais sobre isso no post.

      Que bacana que cada um foi de um jeito né? O Guga tinha quantos anos quando você ficou grávida do Caio?

      Bjão pra vcs

      Responder
  10. Carol Mourao em

    Nossa, to me sentindo uma exagerada! kkk
    Meu filho faz hoje 14 meses e eu tô pensando em amanha ir no ikea comprar uma cama pra ele.
    Vimos aquele video no youtube do bebe-ninja que sai do berço numa facilidade, e o meu Tuco é grandinho e todo saidinho… ele junta os travesseiros num canto do berço, sobe nele, embola o protetor da lateral do berço e tenta fazer degrau com isso tudo e fica com os braços pra fora, tentando fazer peso pra sair do berço.
    obvio que ele nao se toca que nao basta ter a cabeça e braços pra fora do berço pra sair dele, mas do jeito que esse menino ta terrivel, nao quero dar sorte pro azar.
    meu medo é ele rolar da cama de madrugada e se estatelar no chao.
    vi sobre o quarto montessoriano, mas nao sei… me da uma sensação estranha ele ter o colchão no chao… aqui nao tem insetos, mas sei la… rs
    doida eu, nao?

    Responder
  11. Emmanuelle em

    Tive muitas dificuldades…Meu filho saiu da Maternidade direto p minha cama…com 6 meses não dava mais…Eu ,ele e marido…não dava…rs…tentei bebe conforto, vários tipos de carrinhos, berço normal, berço desmontável,e nada dele dormir…com um aninho entrei numa loja de bebe para olhar outras coisas…fraldas, roupas,…bati os olhos na mini cama e pensei é essa!!!!Nem fui la p isso…na hr escolhi e comprei!!!No começo ele ficava na duvida…hr queria a dele hr is p minha….mas hj c 1 ano e 3 ele ama a caminha dele…pede p ir p la…qdo dorme s querer na minha acorda de madrugada e pede p ir p dele…nada de balançar no colo…bateu o soninho ele vai p caminha dele liga o mobile e dorme sozinho… muito fofo…vale apena… belo investimento

    Responder
  12. Keila Lima em

    Olá Michelle, gostei muito do modelo dessa cama. Onde comprar? Obrigada!

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Keila Lima em

      Olá Keila,

      A cama é da Tulipa Baby: http://www.tulipababy.com.br/minicama-mimo-branco-com-base-capuccino/p/0030/

      Responder
  13. Ana Maria em

    Olá, gostei muito do post, estou num dilema. Meu filho tem 2 anos e meio, faz mais ou menos um ano que ele não dorme mais no berço (ele é muito espaçoso e não quis mais dormir em nenhum dos 2 berços que tenho em casa. Desde então ele dorme em um colchão no chão, as vezes eu ou seu pai dormimos com ele num colchão tbm, mas na maioria das vezes ele dorme no chão nos 2 colchões, fiquei com medo se não dói as costinhas dele, mas estou com medo de comprar a caminha e ele não conseguir dormir como ocorre com o berço.

    Responder
  14. Liliana oliveira em

    O meu filho tem 22 meses eha tres semanas comprei uma cama de solteiro e uma grade de proteção. Lateral e ele ja dorme na cama nova dele. Ele nunca durmiu no berço durmia sempre comigo na minha cama, mas como se atravessa todo para durmir decidi comprar a cama de solteiro

    Responder
  15. Dani Ferreira em

    olha minha duvida é se o colchao do berço americano cabe na mini cama?

    Responder
    1. Tatiana respondeu Dani Ferreira em

      a mini cama normalmente é 1,5m e o berço 1,30…

      Responder
  16. Alda Faria em

    Então, meu filho 1 ano e 10 meses. Nunca dormiu uma noite inteira no berço. Montei a mini cama, e não dorme. Não sei o que fazer, ele só dorme a noite inteira se dormir na minha cama. Pensei em comprar logo uma cama box solteiro, e ir dormir com ele. O que acha?

    Responder
  17. Simoní Izepon Stano em

    Aqui em casa a transição foi mega tranquilia, feita aos dois anos de idade p um cama box de solteiro com grade de proteção, penso que ajudou o fato da Carol (minha pimpolha amada) dormir desde os 5 meses no quarto sozinha, sempre monitorada por uma babá eletrônica com vídeo claaarooo, pois assim ela já se sentia segura ao dormir. Agora aos 3 anos tirei a grade de proteção, de início deixava o colchãozinho do antigo berço no chão ao lado da cama para proteger em uma eventual queda, mas até agora não teve nenhuma. Mas cada caso é um caso, espero ter ajudado. Bjs

    Responder
  18. Elzeni Mattos Pacheco em

    Também estou pensando assim…estou na mesma situação!

    Responder
  19. Liliane Machado em

    Adorei! Minha bb tem 1ano 2meses. Já estou planejando a mudança. Será q ainda é cedo?

    Responder
  20. Sarah Mello em

    o tem 1 ano e 2 meses e já ta pulando o berço, será que já é hora de mudar p caminha, tenho medo dele cair da cama de madrugada,mesmo com a prteção, como é baixinha e só na metade da cama…

    Responder
  21. Jhennyfer Carvalho em

    vou começar a fazer isso em Dez, que é quando a caminha nova dela vai chegar…vou ficar dormindo com ela no quartinho dela e depois vou pro meu :)

    Responder
  22. Adriana Arruda em

    Leia Paula Arruda

    Responder
  23. Juliana Gaspar em

    Olá
    Meu BB tá com 1 ano e 6 meses e estou querendo colocar ele pra dormir na mini cama tbm… qndo comprei o berço dele comprei um que vira mini cama…. ja até montei a mini cama só que a proteção da lateral que eu não gostei muito pois meu BB se meche muito durante a noite :)
    Só que ele ainda não tem quarto separado ….

    Responder
  24. Daniele em

    Meu filho tem 1 ano e 3 meses. Quando recém nascido domia no mini berço desmontável no meu quarto. Quando ficou pesado demais para o berço ( 4 meses) mudei ele para o quartinho dele e o berço normal. Ele nunca dormiu a noite toda. Desde que nasceu acordava de 3/3 horas pra mamar. Como as portas dos dois quartos ficavam abertas nas noites frias o quarto dele ficava muito gelado e eu e meu esposo como país de primeira viagem, ficávamos com dó e trouxemos ele pra nossa cama. Isso virou uma rotina aí que ele não quis mais saber do berço. Sempre acordava assustado, mesmo eu dormindo na cama no quarto dele. Então resolvi desmontar o berço e para a minha surpresa ele adorou!!! Deitava na cama e dava risada. Quando o Pai chegou ele ficou feliz em mostrar o quarto novo. Agora quero comprar uma grade de segurança para a cama e começar a dormir lá com ele. E depois quando ele estiver adaptado voltarei para o meu quarto. Estou ansiosaaaa!!!

    Responder
  25. Kika em

    Minha filha tem 1 ano e nove meses , e estou pensando já em fazer a troca , o berço dela vira cama e está bem firme ainda … Ela já foi dormi sozinha no quarto aos 3 meses e sempre dormiu a noite toda !! Ao acorda hj no berço ela me chama pra busca-la , acho que quero trocar mais por ansiedade minha mesmo . oq acha ? Devo fazer essa troca ?

    Responder
  26. Raíza Andrade Castelo Branco em

    O meu filho comecou a dormir no berco,depois q desmamei ele, com exatamente 2 anos e 3 meses,ele nao esta dormindo bem,pq ele e bem espasoco,sera se eu trocar o berco pelas aquelas camas baba que ja tenho ele vai se adaptar? Estou com medo dele chorar

    Responder
  27. Andréia em

    Ola meninas. O meu tem um ano e oito meses e ja caiu ima vez do berço. Será que ja é hora de trocar o berço pela caminha? Beijos…

    Responder

Deixe seu comentário!