Categories: Café da Tarde/ Inspirações

Luz da minha vida

leo_12 meses_blog vidamaterna

Acho que essa é a primeira vez que sento aqui para escrever, com as palavras borbulhando dentro de mim, e não consigo. As lágrimas teimam em rolar, o corpo a sentir e a memória a reviver os momentos únicos que passamos, há um ano atrás.

Hoje você completa 1 ano de vida, filho. E eu tenho tanta coisa pra te dizer, que nem sei por onde começar.

Você me proporcionou uma gravidez tranquila, sem maiores incômodos ou sobresaltos. Esperou que nos mudássemos para a casa nova e que colocássemos um pouco de ordem na bagunça, para então, nascer. Como se lá de dentro da barriga você já quisesse colaborar comigo.

O dia do seu nascimento, assim como o da sua irmã, foi o momento mais lindo, mais gratificante e intenso da minha vida. Algo para lembrar, para me orgulhar e me sentir abençoada por ter tido a oportunidade, a coragem e a persistência para que você viesse ao mundo da forma como eu sonhei. Que pretensão a minha, não, é? Mas que bom que nosso sonho era o mesmo.

Nesse seu primeiro ano de vida, você me ensinou mais do que qualquer outra pessoa, mais do que a própria vida. Me fez ver as coisas por outro ângulo, me fez mudar de ideia infinitas vezes, me fez errar, acertar e reaprender tudo aquilo que eu achava que já sabia.

Eu tinha muito medo de que meu amor ficasse dividido entre você e sua irmã. Tinha medo de não conseguir amá-lo como a amava porque parecia impossível caber mais amor no mesmo coração. E então você chegou. E junto com você, um novo amor. Um outro amor. Um amor só seu, único, assim como você.

Eu tinha muito medo de que a vida se transformasse num caos e que eu não desse conta de vocês dois. E eu estava certa. Nossa vida e nossa rotina viraram de cabeça para baixo e eu realmente não dou conta. Mas, em algo eu estava errada: o caos, esse caos, não é de todo ruim. Por vezes é um caos feliz, em que a gente ri ao invés de chorar – porque sabe que mesmo que esses momentos sejam muito difíceis, eles passam. E sempre vão passar. E provavelmente, deixar saudades.

Eu tinha muito medo de sucumbir de vez, de que a mulher, o ser humano dentro de mim, desaparecesse por completo, para que ficasse apenas a mãe. E aqui está o melhor e mais valioso ensinamento que você me deu, filho: de que sim, eu posso continuar sendo eu mesma, com necessidades e sentimentos próprios, e ainda assim, ser uma boa mãe. Você devolveu a importância que eu tinha para mim mesma. Você me trouxe de volta e fez todos os meus medos ficarem para trás.

Todos os dias eu penso que poderia ser uma mãe melhor, para você e sua irmã. E todos os dias eu vejo nos seus olhos e no seu sorriso fácil, aquele abertão para o mundo ver, que eu já sou. Porque dou o meu melhor, aquele possível, real.

Acho que por tudo isso a nossa ligação é tão forte e tão difícil de explicar em palavras. Você me faz testar meus limites desde antes de nascer e a cada dia me mostra que eu posso ser melhor. Que a vida pode ser melhor. Ou ao menos, que a gente pode tentar, não é?

Uma vez seu pai me disse que me amava de uma forma que chegava a doer no peito. E é exatamente isso que eu sinto por vocês três. Um amor que chega a doer.

Você é minha dor de vida.

Dor, porque nada é perfeito. E nem tem que ser. 

Vida, porque nela vive o amor e ele está em tudo. Especialmente em você.

Feliz aniversário, meu amor. Que Deus continue te abençoando com muita saúde, muito amor e felicidade. Obrigada pelo privilégio de ser sua mãe, obrigada por dar continuidade à essa jornada linda e louca que sua irmã começou, há quatro anos atrás.

Obrigada por ser a luz da minha vida.

Não sei se o mundo é bom

Mas ele está melhor

Desde que você chegou

E perguntou

Tem lugar pra mim?

comentários via facebook

29 comments

  1. E mais uma vez vc fez meus olhos encherem de lágrimas:p
    Parabéns pro querido Leo pelo primeiro ano de muitos!!! E parabéns pra vc tb, Michelle, pela linda família e pelo ser humano que você é. Sempre podemos melhorar sim, mas são nas pequenas coisas do cotidiano que fica a prova de que toda mãe faz o melhor que é possível.
    Um beijo com muito carinho!

  2. Linda declaração de amor.. Filhos nos dão a oportunidade de sentir o que há de melhor, mais puro e sincero dentre tdos os sentimentos que podemos ter. Me pego pensando exatamente a mesma coisa sobre "dividir"o amor entre os filhos, eu por enquanto só tenho meu Bernardo cm 6 meses, e penso que não serei capaz de dividir este absurdo amor que sinto por ele, mas vc Mi, me mostrou cm suas palavras cheias de amor pelo Leo, que sim é possivel.. A Mel e o Leo terão orgulho imenso da mãe que vc é. Parabéns pro lindo Leo, que Deus continue a abençoar a vida dele e de tdos vcs. Beijo Cris e Ber

  3. Olha eu me afogando em lágrimas de novo Michelle!!! Que lindo o amor de vcs. Parabéns para o Leo e para vc, que DEUS continue abençoando vcs com muita saúde, alegrias, bagunças e outras peraltices…rs. Bjo grande

  4. uma das coisas que ainda não consigo compreender é porque esse tempo passa tão rápido.. porque não vai mais devagar pra gente poder aproveitar tudo com mais calma! é incrível isso. 1 ano já, parece que foi ontem que li o teu post falando da mala maternidade. tempo voa mto.
    Parabéns pelo lindo post. e parabéns ao Leo que ta aí, todo lindão de allstar hehe
    Bjao!

  5. E mais uma vez você me fez chorar, e eu queria te agradecer por isso, de verdade obrigado por abrir sua vida e seu coração aqui, em dividir seus momentos e pequenos milagres conosco, muitas vezes lendo suas postagens é que consigo organizar um pouco da bagunça emocional de mãe de primeira viagem.

    Parabéns para o Leo, que Deus te ilumine e proteja sempre.

    E mais uma vez, obrigado Michelle!

  6. Debulhando em lágrimas… Linda a declaração para ele e a leio num momento em q muita coisa na minha vida está um caos, mas um caos q tem me feito chorar e não me deixa ver mais longe… Parabéns Leo, q vc seja feliz sempre e luz na vida daqueles q te cercam!

  7. Michelle,
    Você o dom de nos emocionar…estou com uma música na cabeça e não sabia o porquê. Agora que li a sua declaração de amor ao seu filho é que entendi que a música era, na verdade, uma declaração a minha filhota que está com dois anos.
    Tudo o que escreveu me identifica: o caos feliz, esse amor que dói no peito, a vontade de me doar mais, a culpa de não dar tanta atenção ao mais velho, o loteamento de um coração e construção do “segundo andar” para caber mais amor.
    Felicidades ao seu lindo Léo e que a sua infância, assim como a da Mel, seja prazerosa para vocês quatro.
    Essa é a música que não saía da minha cabeça…https://www.youtube.com/watch?v=8FG3JhhKx8c

  8. ahhh que lindo….são 4 anos de diferença….esse é meu sonho daki a 4 ou 5 anos poder ter outro bebe……vamos ver o que DEUS nos reserva…..mas parabens pelo filhote lindo e com certeza tudo fica melhor ne……tbm tenho esse receio de quando tiver outro filho nao amaá-lo como amo minha doce BEATRIZ…..

  9. Agora entendi o comentário do seu marido no face sobre processo.
    Pergunta se eu chorei? Claaaaaro!
    Parabéns Michelle! Saiba que você me inspira como mãe e como mulher!
    Parabéns Leo, seu lindo! Toda felicidade do mundo sempre! Que Deus esteja sempre cuidando de você e te abençoando!
    Bjs…

  10. Michelle, você consegue colocar em palavras nossos sentimentos… meu pequeno sapeca completou 1 ano há 20 dias e me sinto como você. Nós somos sim capazes de criar um amor diferente e especial a cada um. Obrigada por me emocionar mais uma vez com seu texto.

deixe seu comentário!