Categories: Festas/ Festas da Mel

Festa do Pijama – 7 anos da Mel

Já tem uns dois anos que as festas do pijama, dessas com cabaninhas e tudo mais, se tornaram mais frequentes, não é? Lembro que no ano passado, Mel foi em duas festinhas de amigas da escola e amou a experiência – já eu, demorei a me recuperar da primeira noite dela fora de casa. Depois disso, ela sempre comentava que gostaria muito de ter uma festinha do pijama também, quem sabe no seu aniversário de sete anos. E foi isso que fizemos. Os valores caíram bastante em relação ao início e isso também contribuiu para a realização da festa.

Expliquei para ela que teríamos a opção de convidar amiguinhos e amiguinhas, ou fazer “uma noite só das meninas” como ela acabou preferindo. Convidamos então doze amiguinhas mais próximas (entre escola antiga, escola nova, de fora da escola, da família) e começamos a planejar como seria essa noite especial da pequena – já não tão pequena assim. Juntas escolhemos as cores, as imagens, como seria o convite, os comes e bebes e as atividades durante a festa. Foi uma noite muito corrida, divertida e em claro – para mim! haha – mas com toda a certeza do mundo, foi um dos momentos mais especiais da vida dela, até agora.

Como seriam apenas as meninas e nós três aqui de casa, a quantidade de comidas e bebidas foi bem menor do que nas festas passadas. Decidimos aproveitar o friozinho do inverno curitibano e servir a sopinha de feijão que Mel adora. Além disso, encomendamos mini pizzas e salgados assados. Fizemos pipoca e servimos também algumas frutas cortadinhas como melão, morango e uva. Depois do parabéns tivemos o bolo, docinhos, macarons e bolachas decoradas. Para beber, suco de laranja, suco de uva integral, chá e água. Ah, também coloquei iogurte nas garrafinhas junto com uma rosquinha. Estava tudo bem gostoso e do jeitinho que a aniversariante gosta :)

Para a decoração, optei por algo simples, dentro daquilo que eu e Mel escolhemos juntas como inspiração nos painéis do Pinterest da vida. Pude realizar um desejo de tempos atrás, que era montar uma mini mesa.

Depois de definir a quantidade de meninas e que a festa aconteceria lá em cima no ático – no mesmo lugar em que celebramos todas as outras festas aqui em casa – fiz uma boa pesquisa sobre a locação de cabanas em Curitiba e acabei fechando com uma empresa que já havia atendido três mães conhecidas. Acho bem importante fechar esse tipo de serviço tendo boas indicações de pessoas próximas.

Vou deixar vocês com as fotos e no final do post coloco todos os links, tá bem?

Toda essa decoração presente nas cabanas é da Festa da Cabanabandeirolas, fios de luzes, porta retratos, almofadas, mantinhas, roupa de cama, bandeja de café da manhã, vasinhos, etc. A Luciana é muito querida e traz tudo bem cheiroso e limpinho. A montagem e desmontagem também é feita por eles. Usei meu tapete e outras peças que também já tinha por aqui. O restante foi locado na Decore & Comemore, antiga parceira do blog.

Fiz poucas coisas de papelaria – nuvens com fitas, os olhos dorminhocos, tags para os doces e para o bolo. Essa parte foi bem simples esse ano. Mas achei que ficou fofo.

O pessoal da Mania de Cuidar veio para fazer as atividades e fiquei muito satisfeita com o trabalho delas. Todas são professoras, logo a abordagem e a interação com as crianças é super diferenciada, com carinho, cuidado e aquela serenidade para manter o mínimo de disciplina e ordem quando muitas crianças se juntam no mesmo recinto :)

Entre as diversas atividades possíveis, Melanie escolheu caça ao tesouro, oficina de macramê e oficina de peteca. Além disso, ocorrem aquelas brincadeiras mais antigas que a gente ama resgatar: telefone sem fio, lenço atrás, batata quente, etc.

No final ainda tivemos a baladinha, que não teve um som muito alto porque minha caixinha estragou bem na hora, mas foi divertida o suficiente para animar a meninada – com direito a neon, colares que piscam e toda aquela parafernália.

Leo ficou com o pai dando total atenção e entretenimento, mas mesmo assim ele quis subir e participar um pouco da festa. O problema é que ele queria correr por tudo, pular nas cabanas e apavorar as brincadeiras das meninas :D Mas no final deu tudo certo e ele até dançou junto na baladinha.

Para as lembrancinhas, pensamos em algo simples, fofo e que tivesse relação com a festa do pijama, com soninho, enfim. Escolhemos chaveiros de feltro em formato de nuvem e unicórnios, que a vendedora já tinha a pronta entrega, o que ajudou muito. Todo mundo adorou.

Esqueci de contar como foi a sequência dos acontecimentos e horários, então estou editando aqui :)

Marquei para a festa começar às 19 horas, numa sexta-feira. As meninas foram chegando e eu já ia servindo algo para comerem, porque sabia que depois seria mais difícil quererem parar de brincar. Às 20:30 o pessoal da recreação chegou e iniciaram as atividades e oficinas. Fizemos o parabéns umas duas horas e meia depois e a baladinha logo em seguida. Demorou bastante até as meninas se acalmarem de toda a algazarra e todo o ritual que precede a hora de dormir (pensem que eram 11 meninas… ou 12… não lembro agora, haha). Sei que as primeiras dormiram lá por meia noite e meia, outras lá pela 1 da manhã… E as que tiveram mais dificuldade para adormecer, finalmente dormiram às 2 e pouco. Três sentiram falta de casa e dos pais, choraram um tiquinho e acabei ligando para as mamães. Duas preferiram ir pra casa. Me contaram depois que rolou um arrependimento, tipo “ah, devia ter dormido lá!”– mas são decisões e experiências que elas passarão pela vida toda. Acho que tudo é aprendizado e muito válido. Eu acabei não pregando o olho a madrugada toda, porque a cada tossida ou remexida nos colchonetes, eu ia lá para ver e cobrir as meninas. Eu parecia mãe de recém nascido indo conferir se o bebê está respirando, sabem? Pois é. Como eu disse, era como ter uma turminha enorme de filhas ao invés de uma só. <3

Para quem pensa em fazer uma festinha do pijama: dá trabalho, claro, envolve uma certa logística, organização e você precisa de algumas mãos extras para ajudar. Por aqui, tive a ajuda da Ivonete até o final da noite e as recreadoras que ficaram por um período de pouco mais de 3 horas. As meninas foram uns amores – me chamavam de tia Mi ou profe, hahaha – e fizeram a bagunça normal de qualquer criança. A gente se sente meio mãe de todas elas e acho que esse cuidado e carinho refletem no bom andamento da coisa. Foi bem legal ver o quanto elas já são independentes, todas pegando suas necessaries e fazendo fila para ir ao banheiro, escovar os dentes e fazer xixi enquanto batiam aquele papo sobre a importância de usar fio dental :)

A hora de dormir é mais tensa porque, afinal, elas estão dormindo fora de casa, longe dos pais, longe daquilo que estão habituadas. Algumas tiveram mais dificuldade para adormecer, outras dormiram mais rápido. Eu “dormi” no sofá roxo, ao lado delas. Criei um grupo no whatsapp para dar notícias e mandar vídeos quase que em tempo real aos pais e mães. No fim, foi uma madrugada bem movimentada!

De manhã elas foram acordando e preferimos que todas tomassem o café da manhã aqui em baixo, na nossa mesa mesmo. Como optamos por realmente fazer o café da manhã (não me senti confortável em oferecer tudo em caixinhas e pacotinhos para elas, afinal, os meus não tomam café da manhã dessa forma – salvo raríssimas exceções). Por isso achei mais prático do que levar tudo lá pra cima, até porque fizemos muitas coisas fresquinhas, como ovos mexidos, misto quente, torradinha, etc. As meninas inclusive ajudaram a preparar os ovos – e amaram fazer “aula de culinária” com o pai da Mel. Tinha também um bolo de cenoura bem delícia que a Ivonete fez pra gente na noite anterior, além das frutas.

Depois de comerem, as meninas brincaram, jogaram, dançaram e cantaram muito até que os pais viessem buscá-las. Foi um momento bem especial pra gente, especialmente para a Mel. Algo que com certeza ficará na memória para sempre. <3

Seguem os links (todo o pessoal que eu recomendo MUITO!):

Fotografia: Francine Moura

Cabanas: Festa na Cabana

Bolo, doces e bolachas: Danielle Taher

Atividades e oficinas: Mania de Cuidar

Mesas, acessórios da mesa principal e a mesa infantil com cadeiras: Decore & Comemore

Lembrancinhas: Juanita Banana

Pijama fofo da Mel: Le Café com Chocolá

Se tiverem alguma dúvida ou curiosidade, é só deixar nos comentários, tá bem?

comentários via facebook

21 comments

  1. Incrivelmente linda, como sempre! Festa do pijama é o sonho de toda criança, ter os seus amigos dormindo junto e ainda por cima se divertir. Momentos inesquecíveis na vida da Mel. Parabéns, Mi!

  2. Tudo lindo! Melanie deve ter ficado muito feliz e, com certeza, esse será um aniversário inesquecível! Não pude deixar de marejar os olhos ao pensar que quando conheci o blog, ela tinha 9 meses de idade! E agora uma menina linda de 7 anos! Como o tempo passa depressa… Parabéns para vcs 4 que formam essa família linda de viver!

  3. Incrivel !! Sempre me apaixono nas festas que voce faz … me animou essa festa do pijama , mais como moro em apartamento , teria que reduzir beeem as crianças rsrsrsrs Parabens , ficou perfeito !!!

  4. Ah que ideia linda! Quem sabe ano que vem – 6 anos da pequena – eu não tome coragem de fazer algo assim (com menos apetrechos, pq não tem espaço e money pra isso kkkk) … se bem que meus dois praticamente nasceram “juntos”. 10 dias de diferença e isso me faz dar uma sugestãozinha: Mi, dá dicas de como organizar uma festa para irmãos? Meu pequeno tem um mês (seu blog como sempre me dando tanto incentivo ao ‘segundo amor’ [terceiro na verdade, já que tive uma perda]) e a pequena, cinco anos. Ano que vem será ele com um e ela com 6. Mas ainda penso em fazer uma noitada assim só pra ela… tadinha, tem sofrido tanto com ciúmes! Que Mel cresça com saúde! Beijos… e escreva MAIS!

    1. Oi Evelyn! No início parece complicado planejar uma festa para dois, mas começa a colocar suas ideias no papel e as coisas vão fluindo! Há quem faça um “tema” só para ambos, há quem monte duas mesas em temas diferentes e também aqueles que fazem um tema só mas dois bolos :) Tem muita opção!

      Beijo e obrigada pelo carinho <3

  5. Michelle,

    Que delicia de festa, né? Pouca comida e ficar de pijama…libertador!!!
    A minha preocupação e com as cabanas, elas dormiram lá dentro mesmo? Estava tão frio por aí…aqui e calor…e essa cabana seria só enfeite.
    A Mel está linda demais…
    Um grande beijo.
    PS: E a alergia do Leo, já está controlada?

    1. Oi Mi! Elas dormem dentro das cabanas mesmo. Eu acho que no verão ou em lugares muito quentes, deve ser calor dormir lá dentro. Mesmo aqui que estava frio, achei que era um tiquinho abafado, por isso deixamos as cabanas abertas. De madrugada esfriou mais e daí ficou tudo certo.

      As alergias do Leo estão controladas sim, graças a Deus!

      Bjooo

comentar resposta para Michelle Cancelar