Categories: Coisas do Blog/ Etc

E minha amiga secreta é…

Contei para vocês num post passado que a Gabi Sallit teve essa ideia bacana da gente fazer um amigo-oculto blogueiro, não é? Hoje, cada uma de nós está revelando quem é sua amiga oculta, publicando um texto dela em nossos blogs.

Eu já tinha visitado há um tempo atrás o blog da minha amiga oculta, por influência da própria Gabi (não lembro se vi o link num post ou no blogroll do Dadadá). Mas dei aquela olhada rápida, sabem?

Quando recebi o e-mail falando que ela era minha amiga oculta, fiquei meio apreensiva, porque, afinal, não nos conhecíamos direito. Eu pensei “ai senhor, vai que não me identifico, vai que não rola uma química com os textos dela?” (hahahaha).

Aí aconteceu algo bem legal. Fui lendo, fuçando páginas e mais páginas, categorias e advinhem? Me identifiquei com muitos textos e ideias dela. E escolhi um texto que, depois de ler, pensei que eu poderia tê-lo escrito. Porque é exatamente como eu penso. Espero que vocês gostem também :)

O que importa nessa vida

Eu sou educadora, por formação e vocação.

Acho que esse foi inclusive um dos fatores que falaram mais alto quando optei por deixar de trabalhar e ficar em casa com o meu filho. Eu acredito que a educação transforma e que ela começa justamente em casa.

Não ensino os números, ou o alfabeto, nada disso. Isso ele tem o resto da vida para aprender e deixaremos esse papel para a escola. É até meio contra a minha vontade que ele aprenda certas coisas muito cedo, já que eu acho que ele ainda é muito pequeno. Adoro quando recebemos os desenhos dele da pré-escola e percebo que ele pinta tudo fora das linhas, que não segue nenhum padrão de cores. Fico feliz porque ele ainda é criança e essas coisas não importam na vida dele. Se pudesse, adiaria a entrada na escola mais um pouco, só para ele manter essa inocência infantil por mais tempo.

O que a gente faz em casa é trabalhar com coisas muito maiores e mais importantes. Incentivo desde sempre sua independência. Acredite, ninguém mais do que eu, que tenho mania de organização e de controle, teve que se adaptar à sujeira e à bagunça que isso faz. Ou você acha que ele nasceu sabendo comer sozinho?

Ensino tolerância, respeito e responsabilidade. Ensino a abraçar, beijar e dizer eu te amo na hora que ele quiser. Sempre tenho tempo para uma estória e quando ele pede um carinho (e as duas coisas acontecem com muita frequência). Acredito que dessa maneira eu ensino que ele é importante.

Incentivo brincadeiras de todo o tipo, de massinha a macarrão. Pintamos os vidros da sala, a banheira, até papel. Deixo brincar de lego no meio da sala, construir trilhos de madeira no meio da cozinha enquanto eu faço o jantar. Deixo ajudar na cozinha, deixo bater bolo, pinto a unha do pé se ele quiser. Aqui não existe brincadeira de menino ou de menina e tudo pode, desde que não machuque ou faça mal. A casa vai voltar a ficar impecável em alguns anos, agora isso é o de menos.

Ensino que na primavera a gente pode sair e olhar as flores, ou chutar as folhas no outono. Não tem tempo bom ou ruim para sair de casa e brincar lá fora. Se está frio, usa-se casaco, toca e luvas. Se chove, galochas. Se está calor pode tomar sorvete.

Ensino pular poças d’água, rolar na grama e todas essas outras coisas que uma criança de 3 anos e meio DEVERIA saber.

Outro dia aí, me superei. Ensinei pra ele uma coisa que aprendi com a minha mãe:

Pão com ovo. Pão torradinho, ovinho de gema mole. Mostrei para ele como molhar o pãozinho no ovo e comer.

Ou seja, só o que é fundamental para ser feliz. Ou vai dizer que você é feliz sem pão com ovo?

photo-25

texto escrito por Nivea Sorensen – minha amiga oculta do blog Que Seja Doce – uma brasileira que mora na Irlanda, mãe de um filhote de irlandês do cabelo vermelho e muito fogo na fralda, doceira, blogueira e dona-da-casa – como ela mesma diz.

Beijo Nivea, Beijo Gabi. E obrigada pelo convite e pela oportunidade de conhecer blogs novos e conhecer melhor alguns outros. Foi muito bacana a nossa interação nos bastidores, as risadas, essa aproximação com gente tão legal <3

Ps: quem tinha chutado que a Luíza do Potencial Gestante que me tirou de amiga oculta, dá uma olhada lá pra ver se acertou: http://potencialgestante.com.br/minha-amiga-blogayra/

comentários via facebook

1 comentário

deixe seu comentário!