Categories: Coisas do Blog/ Etc

Diário de viagem: São Paulo e participação no Teleton

IMG_467602316-4

No último sábado saí de Curitiba bem cedinho com destino a São Paulo, para participar pelo segundo ano do Teleton – maratona televisiva do SBT que tem como objetivo levantar recursos para o tratamento e reabilitação de pacientes atendidos nas unidades da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). Hoje quero mostrar para vocês alguns dos registros que fiz por lá e contar um pouquinho da viagem.

Tenho amigos muito especiais que moram em São Paulo e por isso aproveitamos para nos encontrar quando viajo para lá. Dessa vez encontrei duas pessoas que eram somente leitoras do blog e, com o tempo, se tornaram amigas muito queridas: a Neima e a Telma.

Como eu cheguei na cidade ainda pela manhã, combinamos de tomar um café (que acabou sendo um café/almoço para mim, por causa do horário apertado) e fomos na Le Pain Quotidien do Shopping Vila Olímpia. Achei o lugar super bonito e aconchegante, somente o atendimento que poderia melhorar um pouco. Ainda bem que a companhia compensou isso e muito mais.

Rolou uma pequena confusão na hora que nos serviram os cafés e eu acabei notando que o meu Latte estava achocolatado… quando já tinha tomado metade dele, hahaha. Era o Mocha da Neima, coitadinha. Vocês vejam só. Ela me dá altas caronas, é uma querida e eu ainda tomo o café dela. E ainda uso o banco dela pra deixar as minhas coisas… Que abusada. :D

IMG_467602315-4

IMG_467602315-11

De lá fui correndo para o hotel – que estrategicamente ficava a poucos metros dali – o Radisson Vila Olímpia. Escolhi esse hotel porque fica numa região bem bacana de São Paulo e também fica próximo ao aeroporto de Congonhas, mas o principal motivo é porque tenho um caso de amor com a rede – eu e Alexandre nos conhecemos na frente do Radisson aqui de Curitiba, passamos nossa noite de núpcias lá, enfim, sempre ficamos muito bem hospedados, aqui ou em outras cidades.

A Neima além de me buscar no aeroporto, ainda me levou para o hotel também. Acabamos nos estendendo lá na Le Pain porque o papo estava bom a beça e teríamos muito mais para conversar, mas eu precisava ir. Fiz um early check in no hotel, às 13 horas e foi super corrido porque eu tive apenas uma hora para tomar um banho e me arrumar (às 14 hora o carro do SBT chegaria para me buscar).

Quando entrei no meu quarto – no 15 andar – e o mocinho que me ajudou com a bagagem virou as costas, tive vontade de gritar uhuuuuuu e pular naquela cama enorme. Mas não, não pulei. Apenas curti uns minutinhos de silêncio, liguei o Spotify numa playlist bacana e e corri para me arrumar (nada demais já que não precisamos nos preocupar em montar um look todo especial, porque todos usamos a camiseta do evento). Então a recomendação é apenas de vestir roupas e calçados confortáveis.

IMG_467602315
quarto 1512, no Radisson Vila Olímpia
IMG_467602316
calça jeans, regatinha, cardigã e botas de salto baixo – conforto check!

IMG_467602316-5

O trânsito dessa vez estava super tranquilo e chegamos em Osasco rapidinho. Apanhei minha credencial e o motorista me deixou na praça de alimentação, que é o local onde o pessoal da bancada online é recepcionado.

Muitas pessoas imaginam que na bancada nós ficamos atendendo ligações, mas não, não temos telefones lá, a não ser nossos próprios celulares. O objetivo da bancada é movimentar as redes sociais (facebook, instagram, twitter, etc) com publicação de conteúdo e o uso das hashtags específicas do evento.

IMG_467602315-3

IMG_467602315-13

Na sala dos blogueiros tem espaço para o uso de notebooks e vários lanchinhos e bebidas a nossa disposição. Lá que nós recebemos nossas camisetas e todas as orientações necessárias, fazemos fotos com os painéis, os bonecos e tudo mais. Tudo é bem planejado e organizado, mas ainda assim é super corrido.

IMG_467602315-12

Pouco antes de entrarmos no palco, vamos para o lounge, que é um espaço para convidados com um super telão e muitas comidinhas e quiosques. Sei que experimentei pequenas porções de tapioca, bacalhau, sorvete, pizza, pão de queijo e claro, café.

Encontrei algumas pessoas que estavam no meu turno na bancada do ano passado, como o Renato do CinePop, por exemplo. Ele é um fofo e super divertido. Fizemos até um vídeo pro Instagram, onde eu me aproveito da desenvoltura do rapaz, hehe (você pode ver o vídeo aqui).

IMG_467602315-9

Dessa vez eu estava bem tranquila, porque já sabia como as coisas funcionavam lá ao vivo. Achei que esse ano a bancada teve menos destaque do que no ano anterior, o que é uma pena já que todo mundo que está ali vai de boa vontade e por meios próprios, vale dizer. Mas foi bem bacana, de qualquer forma. (sofrido, aliás, muito sofrido, foi a trilha sonora do meu turno. teve muito gospel, sertanejo e funk, que são gêneros musicais que eu particularmente não gosto).

Mas o que importava de verdade, aconteceu: a meta de arrecadar 26 milhões de reais para a AACD foi batida com folga. O placar finalizou indicando a incrível marca dos 30 milhões! :D

As histórias de luta e superação que ouvimos ali, de pertinho, também ficam marcadas na memória e no coração. 

IMG_467602315-7

Nosso turno foi de aproximadamente três horas (das 18 às 21, se não me engano). Saímos do SBT quase dez horas da noite e o mesmo motorista me levou direto para o hotel. Eu tinha dormido muito pouco na noite anterior e estava muito cansada. Nem pensei em sair do hotel para comer, então foi a desculpa perfeita para pedir uma pizza da Bráz, que eu amo de paixão.

Quase meia noite e estava eu lá, com minhas meias de vaquinha, jogada na cama do hotel, comendo pizza margherita e assistindo pela décima vez De Repente 30. Ô vidão!

IMG_467602315-10

Alexandre ficou em casa com a Mel e o Leo e meus sogros vieram também para ajudar. Mantivemos contato o dia todo pelo whatsapp e antes de dormir liguei novamente aqui em casa para falar com ele e saber de todos. Ficaram super bem, comeram bem, brincaram muito e até fizeram soneca de tarde. Ah, e Leo dormiu a noite toda, esse safado! Quando estou em casa isso raramente acontece. Hum.

Aí chega a parte cruel e ainda assim engraçada da história: eu tinha a ilusão de que conseguiria dormir a noite tooooooda já que estava sozinha num quarto bacana de hotel. Mentira. No fundo eu sabia que a mesma cena – que já aconteceu outras vezes – iria se repetir: eu, rolando na cama sem conseguir dormir um minuto sequer. Juro. Sem exageros. Eu estava exausta, mas totalmente pilhada e sem sono algum. A cabeça não desligou, ficou a mil, pensando nos filhos, na falta que minha cama e meus travesseiros me faziam, na falta que meu marido me fazia para dormir de conchinha, na programação do dia seguinte, no aquecimento global, enfim, em tudo. Acordei quebrada no dia seguinte e com perguiça até de descer para o café da manhã. Ainda bem que eu fui, porque o café do hotel era maravilhoso.

IMG_467602315-6

Quando subi para o quarto faltava pouco para o horário do check out, que coincidia com o horário que eu precisava ir para o aeroporto. Tive muita vontade de dormir nessa hora, muita mesmo. Mas segurei as pontas, arrumei minhas coisas e fui, me arrastando.

IMG_467602316-3

IMG_467602316-2
a vista da minha janela <3

O trânsito até o aeroporto também foi tranquilo e cheguei com bastante antecedência. Já tinha feito o check in pelo site da Tam, então tive um tempinho para explorar o duty free, as livrarias e até para um café.

Enquanto eu esperava, Alexandre me enviou uma foto do Leo segurando um celular de brinquedo que ele tem, e escreveu assim: amor, eu disse pro Leo “liga pra mamãe e diz mamãe te amo” e ele pegou o celular, colocou pertinho do rosto e disse “mamãe, tinamo!”. Chorei, sim ou com certeza? :’)

IMG_467602315-2

comentários via facebook

17 comments

    1. Oi Ângela! Poxa vida, não era minha intenção desapontar ninguém, mas como eu disse no texto, aqueles gêneros musicais (incluindo o gospel) não me agradam. Mas não tem nada a ver com a minha fé, sabe? Ela continua sempre firme e forte :)

      Bjo

      1. Hehe imagina Michelle, na verdade é pq pra mim é tao edificante gospel, mais tem a ver com minha “religião” vamos assim dizer , mais de maneira nenhuma te rotulei como sem fé. Bjos Deus te abençoe.

  1. Ai que delícia de sábado Michelle. Quando havíamos marcado para o domingo e soube da apresentação da escola das meninas e que não iria dar para eu ir fiquei super chateada, mas no fim deu tudo certo. Foi uma manhã muito agradável, de um bate papo gostoso, de risadas, de troca de figurinhas… vc e a Neima são demais. Qto ao Teleton tbm percebi que a bancada não foi o destaque deste ano mas fiquei super feliz por terem atingido a meta, é um projeto no qual acredito e apoio.
    Bjos

  2. oi, michelle!
    fiquei te procurando na bancada, mas não te achei… :(
    acho que não tive sorte de ver algum momento em que te focaram. e como não me agradavam também as atrações, ficava prestando atenção em outras coisas, hehehe.
    agora, por favor, faça o post de utilidade pública em que vc revela a cor que sua cabeleireira usa em vc. queria muito chegar ao menos perto desse tom.

    1. Oi Re! Eu fiquei no turno das 18 às 21 horas. Que pena que você não me viu, mas realmente esse ano a bancada teve pouco destaque.

      Pode deixar, esse post está na lista de posts do mês de novembro! Muita gente me pergunta :)

      Bjo

  3. Nossa que legal você ter participado desse evento. É sempre bom ajudar né?! ;)
    Mas quase morri com o Léo no celular! rs
    Eu tb me derreto toda quando minha filhota me chama de mamãe .. isso porque ela só tem 1 ano e 2 meses.
    Só quem é mãe entende! rs

    Bjs

  4. Oi Michelle, acompanho seu blog há tempos e achei super legal a sua disposição para ir para São Paulo contribuir com essa causa (: Também entendo essa sua coisa pelo Radisson, moro próximo dele aqui em Curitiba e também passei minha noite de núpcias lá! Achei que só eu tinha isso… Rs

  5. Michelle,

    Te vi na hora do esquadrão da moda e te mostrei ao meu marido. E ele me disse: ” é essa a sua amiga?” ha ha
    Como não se emocionar com essas lindas histórias de amor e superação. Que bacana que conseguiram superar a meta, parabéns!!!
    Enquanto ao gospel, se você gosta de rock, tem que escutar Fernandinho, quatro por um e outras bandas com uma pegada mais rock. O gospel só é mau visto pois todos querem fazer um estilo só. Nos Estados Unidos é a base para grandes cantores como Whitney Houston, Aretha Franklin e outros maravilhosos que nem lembro o nome.
    Te recomendo ouvir o cd uma grande história, com destaque para nuvem de gloria, é quase Pearl Jam.https://www.youtube.com/watch?v=qs9OLajkFvc

  6. Oi, Mi!! Só agora consegui parar pra comentar aqui (no IG eu consegui antes, rs). Nosso café foi bem divertido, apesar de nos vermos pouco, o papo foi muito gostoso. As últimas semanas por aqui foram bem complicadas, os meninos adoeceram ao mesmo tempo, Gu foi parar no PS por causa de uma febre de 39 que durou quase uma semana e tudo mais.
    Mas aos poucos estão se recuperando. Agora só falta o Dudu melhorar do nariz, tadinho, já tem uns 10 dias que está super congestionado:(
    Obrigada pelo carinho de sempre! (e os brigadeiros estavam deliciosos, comi a caixinha inteira sozinha, rs)
    Bjs!

deixe seu comentário!