07 dez 2012

Chocolates, refrigerantes, salgadinhos e doces: por que devemos evitar?

Aí está um assunto que sempre me chamou a atenção e provavelmente da maioria das mães.

Por que não dar esses alimentos para as crianças? A resposta é sempre a mesma: “porque faz mal”.

Mas… por que faz mal? Por que devemos postergar ao máximo a introdução desses alimentos na dieta das crianças?

Chocolate

O chocolate tem vários benefícios – desde que seja aquele com a porcentagem maior de cacau: possui propriedades antioxidantes, melhora o fluxo arterial, ajuda a diminuir os níveis de LDL (colesterol ruim), entre outros.

Porém, os chocolates com baixa porcentagem de cacau (que são os mais comumente encontrados) possuem muito açúcar e gordura, contribuindo assim para que a criança ganhe peso de maneira pouco saudável. Nesse caso é melhor evitá-los.

Açúcar Refinado

Ao passar pelo processo de refinamento o açúcar perde vitaminas e sais mineirais, ficando apenas as “calorias vazias”. Nesta forma, traz prejuízos ao organismo, tornando-o propenso a varias doenças, entre elas o diabetes. Prefira o açúcar mascavo ou o demerara, que não recebem aditivos químicos, por isso conservam as vitaminas e minerais.

Evite as guloseimas como balas, pirulitos e doces em geral que entre muitos outros problemas, podem causar cáries.

Gordura

A gordura tem seu charme: ajuda a manter a temperatura corporal, protege contra impactos e ajuda a metabolizar as vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), além de dar sabor aos alimentos. Porém ao esquentar o óleo são liberadas muitas toxinas e o excesso traz prejuízos ao organismo como colesterol alto, obesidade, baixo desempenho físico, etc.

Os salgadinhos de pacote geralmente possuem muitos carboidratos, sódio (principal vilão da hipertensão) e gorduras saturadas. Para não restringir totalmente, procure os que são assados, com menos gorduras.

O mesmo vale para os salgadinhos fritos como coxinha, risólis, bolinha de queijo: prefira sempre os salgados assados.

Refrigerantes

Os refrigerantes não contribuem em nada para a nossa saúde. Prejudicam o organismo deixando o Ph do nosso sangue mais ácido, portanto mais propício a doenças. Vejam a explicação do Ph em relação à água.

“Uma água mineral de boa qualidade deve ter um pH compreendido entre 7,0 e 7,5.

O sangue de um ser humano saudável tem um pH de 7,35 a 7,45 e contém cerca de 90 a 95% de água.

O nosso corpo tenta a todo custo manter o pH sanguíneo dentro destes valores, extraindo minerais do organismo para manter o pH. Quando não consegue equilibrar o pH, o nosso corpo torna-se ácido e propenso à infestação por parasitas e todos os males que eles trazem.

Um pH levemente alcalino do sangue aumenta a oxigenação das células e a imunidade, uma vez que, vírus e bactérias precisam de um meio ácido para sobreviver. Assim como o fogo precisa de oxigênio para existir, os vírus e bactérias necessitam de um meio ácido para se manterem vivos. Sendo assim, beber água com um pH neutro ou levemente alcalino contribui, também, para que o nosso corpo mantenha o seu pH nos níveis adequados”.

Isso significa que a água é saudável, já o refrigerante faz muito mal. Para mantermos nossos filhos saudáveis e longe de doenças, o ideal é dar opções de sucos naturais e água, ficando longe dos refrigerantes.

Ao optar por essas restrições na dieta do seu filho, você provavelmente irá ouvir: “coitadinho dele!”

Na verdade, deveríamos “sentir pena” das crianças que desde cedo tomam refrigerante e se alimentam de muitos doces e salgadinhos fritos. Muitas calorias, poucos (ou quase zero) nutrientes.

É importante encontrar um equilíbrio, claro.

Mas lembre-se que ao dizer não, você está zelando pela saúde do seu filho, que é mais importante do que qualquer prazer que um doce ou refrigerante possam proporcionar.

Ajude seu filho a cultivar hábitos saudáveis de alimentação e fuja da influência da mídia, que nos induz a consumir produtos que prejudicam nossa saúde, nos fazendo mais tarde, investir em medicamentos.

versão em pdf para impressão aqui.

15 comentários no blog

  1. Fábia em

    Mi, é possível uma versão para impressão? Muitas vezes tenho vontade de mostrar à pessoas que ainda não tem acesso à internet…:(

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Fábia em

      Oi Fábia!

      Obrigada pelo toque. Vou disponibilizar os textos das colunas de hoje em diante. Caso eu esqueça e vc precise, me lembre por favor, rs.

      Segue o link: http://www.mediafire.com/view/?ol2gwgbhhud4at7

      Bjo

      Responder
  2. Fábia em

    A-do-rei! Você pode me mandar a do desfralde também?

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Fábia em

      Aqui: http://www.mediafire.com/view/?blucu3cf4dm5ud0

      Responder
  3. Silvana Queirós em

    E a água de coco de caixinha tem os mesmos malefícios?

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Silvana Queirós em

      Oi Silvana!

      Acho que é a mesma coisa dos sucos de caixinha. A Andréa falou sobre isso aqui: http://vidamaterna.com/para-as-criancas-suco-de-caixinha-e-bom/

      Bjo

      Responder
  4. Telma Teixeira em

    Para a minha família e alguns amigos sou a mãe mais terrível do mundo por não deixar as minhas gêmeas comerem porcarias (doces, chocolates, salgadinhos e outros)nem tomar refrigerantes e suco em pó. Cuido da alimentação delas sim e tem dado certo, estão saudáveis. Hoje com 02 anos só comem doces em um dia de festa e só se pedirem, não fico oferecendo.

    Responder
  5. Priscilla Hanashiro em

    Amei seu post! Acabei de ver um video no Mamatraca sobre os achocolatados e fiquei pensando como poderia substitui-lo. A combinação chocolate com alto teor de cacau com açucar mascavo será que atrai a criança? Penso tb em evitar leite de vaca e dar leite de soja com frutas…Bjo

    Responder
  6. Juliane em

    É uma ótima postagem, porém é mais fácil uma mãe entender e fazer isso para o seu filho do que enfrentar o monte de: “meu filho comeu e não morreu” e pessoas que insistem em oferecer essas coisas sem ao menos perguntar à mãe se pode… Aqui, meu filho só conheceu bala e pirulitos esse ano (porque um desavisado ofereceu). Chocolate? Bom, desde sempre, a mãe é viciada, mas os de 50% cacau pra cima!!!! Refrigerante? Ainda bem que ele ainda rejeita!!!

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Juliane em

      Oi Juliane!

      A Mel AMA chocolate e aqui é a única “besteira” que ela já conhece. Tentamos controlar ao máximo, porque se deixar, come todo dia, toda hora, rs.

      Refrigerante quero que ela passe longe por muitos e muitos anos!!!

      Bjo

      Responder
      1. Juliane respondeu Michelle Amorim em

        Ai, Michele…
        acho que o mais difícil não é a gente oferecer… mas as pessoas que acham que somos malvadas… hehehe!! E, vamos que vamos…

        Responder
  7. Carla em

    por aqui temos uma nenê (?) de um ano e cinco meses que provou chocolate esses dias (na casa da minha sogra e sem eu saber, quando vi já tinham dado – daqueles zero% cacau sabe, ainda bem q foi só um pedacinho) e refrigerante ela não gosta por causa do gás (viva!).
    eu mesma quase nunca tomo, nem temos em casa, então ela não vai ter muita chance hehehe
    mas essa história de “tadinho, não come chocolate” eu não entendo… acho q isso deve ser deixado pra dia de festa, não como regra, mas enfim, quem vai pra casa com ela sou eu e quem vai educar tb! ainda bem!

    Responder
  8. Celia Maria em

    Amei este texto.Bjos Celinha

    Responder
  9. Marilia Salgado em

    .

    Responder
  10. oioio em

    ESTA CERTOOOOOO

    Responder

Deixe seu comentário!