Categories: Higiene & Cuidados

Bloqueador Solar Coppertone Continuous Spray Kids FPS 50

Aproveitando a onda do verão, mais uma resenha de bloqueador solar.

Comprei esse pouco antes de viajar no Natal inspirada pelo quanto gostei do outro Coppertone versão “creme” (a resenha é da Jorgea, mas eu assino embaixo) e usei na Melanie intercalando com o Aveeno Baby (leia a resenha aqui).

Acredito que toda mãe e todo pai, ao optar por um bloqueador ou protetor solar em forma de spray, pensa em facilitar aquela hora complicada que é passar o produto nos pequenos.

Pelo menos por aqui, a Mel não tem muita paciência não. Sai correndo na metade da aplicação e lá vou eu correndo atrás dela com as mãos besuntadas de protetor. Chega a ser engraçado até. O rosto é a parte mais difícil de passar, para mim, mas ainda sim prefiro não utilizar o spray. No rosto sempre passo os bloqueadores em creme.

DSC05340

Falando mais do produto, ele tem FPS 50, é hipoalergênico e possui vitamina antioxidante que protege a pele. É resistente à água e transparente. O cheirinho é o clássico de protetor solar mesmo, não achei nem bom nem ruim.

O que me incomodou: ele é meio grudento. Assim que você borrifa sobre a pele ele já começa a ser absorvido mas ainda sim, deixa um toque pegajoso na pele e nas mãos de quem o aplicou. E não senti que deveria apenas borrifar e pronto.  Senti necessidade de espalhar com as mãos. Caso contrário, acho que fica mal aplicado e partes do corpo acabam ficando sem proteção.

Porém, ele realmente é super fácil de usar e garante praticidade na hora da aplicação e reaplicação, especialmente quando você já está na praia. Também achei ótimo para aplicar no couro cabeludo (que também precisa de proteção!) quando a Mel não queria ficar de chapéu.

Como eu usei o bloqueador em spray:

Eu aplicava o protetor em creme e ia reaplicando com esse spray, principalmente nas partes mais expostas ao sol: ombros, braços e costas. E deu super certo. Ela voltou sem se queimar mas com uma leve corzinha.

DSC05344

Sobre o perigo de inalação do produto, é só tomar um cuidado extra, como com qualquer produto aerosol.

Todas as vezes que fui aplicar colocava um paninho para proteger o rosto da Mel, evitando assim que ela aspirasse o produto.

Vale lembrar que para reaplicar o bloqueador a pele deve estar limpa (na medida do possível) e seca. Não adianta aplicar na pele molhada.

Sobre o mito de que protetores com FPS 30 ou 50 não fazem diferença: a proteção de um FPS 30 é de 92% e de um FPS 60 98%. Ou seja, a diferença é pequena, mas ela existe.

O que ocorre porém é que quanto maior o FPS, maior a quantidade de aditivos químicos, o que não seria indicado e saudável para uma criança pequena. Por isso eu não recomendaria um bloqueador com FPS maior do que 50.

A garantia de eficácia dos protetores e bloqueadores é a aplicação da quantidade certa. Então, nada de economizar produto, certo?

Preço médio: R$30,00

Conclusão: Usado sozinho, acho que eu não confiaria somente num bloqueador em spray. A proteção fica mais superficial e sai mais rápido, aparentemente. Recomendo para ser usado na reaplicação, especialmente quando você já está na praia/piscina. O legal é intercalar uma passada de protetor/bloqueador em creme e outra de spray.

comentários via facebook

10 comments

  1. Olá!
    Leio o seu blog desde o início, mas nunca havia comentado. Adoro as dicas que vc dá, e gostei muito da dica de ontem, do livro sobre os limites na criança. Mas queria te fazer uma fazer pergunta. Já li aqui uma matéria sobre o desfralde (que se não me engano foi escrita por uma psicóloga ou psicopedagoga, não lembro certinho), mas gostaria de saber, e aí na tua casa, já começou o desfralde da Mel? Teve sucesso? Aqui em casa e na escolinha, começamos o desfralde da Lu há um mês, quando ela tinha 1 ano e 9 meses, mas não obtivemos muito sucesso, ela não pede para fazer xixi, só faz no peniquinho se nós a levamos, e isto tem que acontecer de 15 em 15 minutos, pois ela faz muito xixi e ainda não sabe controlar. Ontem conversei com a professora, e resolvemos parar com o desfralde, pois achamos que está stressando a Lu, pois ela fica muito encomodada de ter que parar as brincadeiras com tanta frequencia para ir ao penico!!! E você, me fale da sua experiência!
    beijos
    Amanda

    1. Oi Amanda!

      Eu iniciei o processo e voltei atrás. Não achei que ela estivesse pronta, sabe? Mesmo ela tendo 2 anos e 5 meses.

      Vou contar todos os detalhes e fazer resenhas do assento que temos e dos penicos também ainda esse mês :)

      Bjo e obrigada pelo carinho

  2. Oi Michelle!
    Eu também comprei e experimentei nos dois pequenos na praia, agora no reveillon.
    Achei mais rápido e prático de passar, também não usei no rosto e também espalhei com a mão, não confiei só no spray.
    Mas eu usei só ele sim, como único protetor solar, e funcionou super bem. Nenhum dos dois ficou com a pele vermelha.
    Ele é meio grudento, mas acho que é justamente para fixação.
    Eu gostei e acho que comprarei de novo. Também quero experimentar aquele novo da Sundown, que pode aplicar na pele molhada.
    Um beijo e feliz 2013!!!

    1. Oi Lahna!

      Ah, que bom saber que ele sozinho funciona bem e protege! Eu morro de medo da Mel se queimar (que mãe não tem medo, né?), por isso sempre aplicava o protetor em creme primeiro :)

      E vou ver esse da Sundown também, obrigada pela dica.

      Bjoos

  3. Oi Michelle, vc passou esse spray direto no couro cabeludo da Mel? Ficou com o cabelinho muito grudento? TEm q ser com o cabelo seco?
    Pq por aqui a Liz não fica de chapeu… Achei legal essa dica, pq nunca passei nada no couro cabeludo…

    Bjssss

    1. Oi Camila!

      Sabe por que eu lembrei disso de proteger o couro cabeludo? Porque eu já tive queimaduras no cucuruco, hahaha. Passava protetor em tudo e ficava lá com a cabeça no sol. Bem nas divisões do cabelo, da franja , ficou vermelhor e até descamou. Por isso resolvi proteger a Mel.

      Com o cabelinho dela preso num rabinho de cavalo, eu borrifava um pouco do protetor em spray, bem em cima da cabeça, com uma certa distância e protegendo o rosto com as mãos ou um paninho. De preferência com os cabelos secos e fica meio grudentinho sim, mas depois é só lavar.

      Bjo

  4. Gostei da dica de passar no couro cabeludo. Meu filho até aceita boné, mas quando é para entrar na água ele logo tira.
    Já tinha passado o da natura na versão bebê, mas ficou uma melecada só, mas o spray é bem mais fácil eu acho.

  5. Olá Michelle, acabei de voltar da viagem de ferias e usei o protetor no meu filho, rlr tem 1 ano e 3 meses, e é bem branquinho, adorei o protetor, usei só o spray e mesmo assim ele ficou bem protegido, ele realmente é grudento, mas funciona…
    Bjos

comentar resposta para Michelle Amorim Cancelar