14 maio 2012

A Importância da Amamentação

Todos nós sabemos que amamentar é fundamental para a saúde do bebê. Amamentando vamos garantir a nutrição, a formação de anticorpos, o desenvolvimento da dicção, da musculatura da língua e do ponto de ânsia.

O que comemos também ajudará a criança a identificar sabores e aromas através do leite materno, pois o gosto dos alimentos passa para o leite de maneira muito suave.

Um exemplo muito interessante que constatei foi quando tomei um chá bem forte de gengibre para melhorar de uma gripe, e eis que minha filha se recusava mamar. Não entendi muito bem o que estava acontecendo até que senti um cheiro forte de gengibre no meu leite. Me aventurei a experimentar e o gosto era muito forte também. Resultado: tive que esgotar o leite até sair o gosto e cheiro para que ela voltasse a mamar.

Com isso, posso afirmar que a mãe, desde o início, ensina e estimula seu filho a gostar e aceitar os tipos de alimentos que costuma consumir.

Então pergunto, qual mãe não gostaria de ver seu filho se alimentando muito bem? Para isso, vale a pena se aventurar pelo mundo dos alimentos saudáveis para que seu filho tenha a feliz oportunidade de gostar de comer tudo de bom que podemos oferecer.

Na próxima matéria vamos falar sobre os alimentos que podemos oferecer para cada fase do crescimento da criança.

Mas antes de finalizar gostaria de fazer um comentário: a criança vai se fortalecendo e criando anticorpos à medida que vai crescendo. Então, é preciso saber que existem alimentos que oferecem riscos à saúde e devem ser evitados até que a criança tenha condições orgânicas para se defender.

O mel é um desses casos e deve ser evitado antes de um ano. Recomendo que assistam ao vídeo feito pelo Fantástico sobre o mel, através deste link.

Andréa Barduco
Nutricionista – CRN8 3568

8 comentários no blog

  1. Vivi em

    kkkk aconteceu isso do gengibre comigo também!!! adorei o texto :)

    Responder
  2. Beatriz em

    Muito bom Andréa. E sobre o mel, fiquei sabendo a pouco tempo que não é recomendável a crianças com menos de 1 ano.
    Vou ver o vídeo.
    Adorei as informações!!

    =)

    Responder
  3. Michelle Amorim em

    Eu sei que tomei muita canja de galinha no meu resguardo, hahaha. E tive muito leite nesse início =)

    Responder
  4. Isabella em

    Eu queria deixar uma dica paras as mães que moram aqui em Curitiba.

    PROAMA – Programa de aleitamento materno 3225-6407/3321-3229

    Banco de leite Hospital de Clínicas – 3360-1867

    Desculpa fugir um pouquinho do post, mas acho legal informar esses 2 lugares que ajudam bastante as mamães com dificuldades na amamentação.
    O banco de leite do HC leva os frascos esterilizados e busca o leite em casa para as mães que estã com excesso e querem doar o leite, me ajudaram muito no ínicio quando o meu peito estava todo “empedrado”.

    Responder
    1. Michelle Amorim respondeu Isabella em

      Obrigada por compartilhar essa informação Isabella!

      Começamos há pouco com esse papo de nutrição e vamos explorá-lo mais =)

      Responder
  5. cristina em
    Responder
  6. Andréa em

    Fico muito feliz por saber que gostaram da matéria. É muito bom poder compartilhar o conhecimento e as experiências!

    Responder
  7. Aline em

    O link para a matéria não abre! Eu achei esse aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=EGxcUKef_yA

    Responder

Deixe seu comentário!