21 jul 2012

7 maneiras mais eficazes de economizar tempo (para mães extremamente ocupadas)

A partir do momento em que você acorda, a pressão começa – tudo é uma correria e, mesmo tentando organizar as coisas anteriormente, o caos está ali esperando uma oportunidade para se instaurar. No trabalho não é diferente – prazos, telefonemas e problemas de última hora que insistem em aparecer. Ao chegar em casa novamente, tempo contado para dar conta de tudo o que precisa ser feito.

Fácil? Nem um pouco! Mães que trabalham fora de casa precisam aprender a administrar seu tempo, e mesmo organizando tudo já é difícil. Eu fico super frustrada no dia-a-dia por não conseguir fazer tarefas básicas que havia programado porque minha rotina é corridíssima. Então o que podemos fazer? Deixar a peteca cair? Jamais!

Veja sete maneiras eficazes para economizar tempo e, por consequência, conseguir fazer mais coisas (ou ficar sem fazer nada):

Defina metas

Em casa: Você pode definir, por exemplo, que até às 20h30 as crianças já terão jantado e estarão indo dormir. É uma meta. Você também pode definir que, às 23h em ponto, você vai se forçar ir dormir para não acordar um caco de manhã. O que você precisa fazer para tudo isso acontecer? Vá atrás dessas soluções.

No trabalho: Defina metas no trabalho para não se perder no mundo das tarefas urgentes. Defina que até amanhã na hora do almoço você terminará o relatório que vem adiando há uns três dias.

Faça uma lista de tarefas

Em casa: O que você precisa tomar de providências em casa? Guardar os CDs que estão em cima da mesa de centro? Costurar a manga de uma camisa que você usa muito e está sem usar há tempos porque descosturou e você nunca consertou? Ler para os seus filhos todas as noites? Defina tarefas e execute-as.

No trabalho: Separe os projetos em que está trabalhando no momento e liste as etapas em cada um deles. Vá riscando à medida que for concluindo. No início da manhã, liste as três tarefas essenciais que você precisa concluir até o final do dia. Foque nelas.

Seja multitarefa – com cuidado

Em casa: Uma coisa é listar com seu marido o que precisa comprar no mercado enquanto fatia os legumes. Outra totalmente diferente é conversar com seus filhos enquanto está compenetrada no computador. Ser multitarefa em casa às vezes é questão de sobrevivência, mas cuidado para não deixar o que é mais importante de lado. Tem que saber o que demanda atenção total.

No trabalho: É bom ser multitarefa com tarefas que não demandam muita atenção e você já faz no piloto-automático. Porém, cuidado: os maiores erros do dia-a-dia acabam acontecendo desse jeito! Saiba quando for a hora de fazer uma única coisa para não se perder.

Esqueça o spam

Em casa: Não abra qualquer e-mail que você não conheça ou que esteja na cara ser uma propaganda. Ah, o desconto parece incrível? Se você não precisa daquele produto ou serviço, não perca seu tempo lendo – mande direito para a lixeira.

No trabalho: Descarte de cara os e-mails que não sejam relacionados ao trabalho. Mesmo que sejam promoções interessantes, não é lugar. Aliás, sequer cadastre seu e-mail profissional em sites de cunho pessoal.

Faça pausas

Em casa: Mesmo o dia mais agitado do mundo deixa um tempinho de 15 minutos para você respirar – nem que tenha que se trancar no banheiro para isso. Um dos meus lugares sagrados é no banheiro quando vou tomar banho. Eu praticamente desligo ali para relaxar um pouco. Tenha os seus momentos para manter a sanidade mental.

No trabalho: Eu costumo trabalhar hard durante 1h30 e fazer 15 minutos de pausa. Nunca prejudicou o meu trabalho e sempre me manteve com um bom pique. Aproveite para beber água, conversar com alguém ou simplesmente olhar pela janela. Não pire, senão seu corpo vai forçar você a parar através de alguma doença advinda do estresse.

Agite a sua equipe

Em casa: Desnecessário dizer que todo mundo que mora na casa precisa ajudar? Bote as pessoas para trabalhar. Uma coisa é não saber fazer – outra totalmente diferente é ter má-vontade.

No trabalho: Delegue mais, se puder. Muitas vezes acabamos centralizando algumas tarefas que poderiam ser executadas por outras pessoas com até mais competência para tal. Não adianta querer abraçar o mundo porque, como eu falei no item anterior, seu corpo vai te cobrar isso uma hora ou outra. Dê o melhor de si, mas não se sobrecarregue.

Assuma a liderança

Em casa: Pare de esperar as coisas acontecerem. Se seu parceiro bagunça, tente entender o motivo e busque soluções. Nada de ficar reclamando porque só você faz tudo. Tome providências que ninguém mais tomaria se não fosse você.

No trabalho: Até hoje, eu nunca vi uma pessoa pró-ativa se dar mal no trabalho. Todo chefe gosta de profissionais dedicados e que vão atrás das soluções. Inove, arrisque-se, dê ideias. E, o mais importante: ajude as pessoas. Afinal, todo trabalho tem um ideal. Qual é o seu? Trabalhe por ele.

Será que você vai conseguir economizar um pouquinho de tempo com essas dicas? Eu espero sinceramente que sim.

por Thais Godinho, do blog Vida Organizada

1 comentário no blog

  1. Pati em

    Olá Thais, acompanho o Vida Organizada e passei por aqui para dizer que adorei o texto. Eu trabalho de casa e diminuí o ritmo depois que minha filha nasceu para ficar com ela. E mesmo quem está em casa também precisa se organizar! Não é fácil. É preciso ser produtiva e eficiente para deixar tudo em ordem e fazer tudo o que precisa ser feito, mas também é preciso lembrar que a prioridade são os filhos e que tempo para eles é essencial.
    Sobre o último item, depois de sete anos eu ainda estou tentando entender até hoje porque meu marido é tão desorganizado e bagunceiro… Mas não desisto!

    Uma ótima semana para você!
    Pati

    Responder

Deixe seu comentário!